Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Desenhe a curva dada (coordenadas polares ).

o )     ρ = cos 2 ⁡ θ

Passo 1

Para essa equação vemos que ρ > 0 , já que 0 ≤ cos 2 ⁡ θ ≤ 1 .

Por consequência disso, podemos imaginar que no intervalo 0,2 π vamos ter ρ = 0 por duas vezes e ρ = 1 também por três vezes.

Passo 2

Pela Tabela:

Passo 3

Quando você ligar os pontos vai ter um desenho assim:

Resposta

Exercícios de Livros Relacionados

Use um gráfico para dar uma estimativa grosseira da área da região que fica abaixo da curva dada. A seguir, ache a área exata y = sin ⁡ x ,     0 ≤ x ≤ π
Use um gráfico para dar uma estimativa grosseira da área da região que fica abaixo da curva dada. A seguir, ache a área exata y = x - 4 ,     1 ≤ x ≤ 6
Os economistas usam uma distribuição acumulada chamada curva de Lorenz para descrever a distribuição de renda entre as famílias em um dado país. Tipicamente, uma curva de Lorenz é ...
Encontre a área da região delimitada pelas curvas dadas y = sin 3 ⁡ ( x ) ,     y = cos 3 ⁡ ( x ) ,     π / 4 ≤ x ≤ 5 π / 4
Quais das seguintes áreas são iguais? Por quê?
A parábola y = 1 2 x 2 divide o disco x 2 + y 2 ≤ 8 em duas partes. Encontre as áreas de ambas as partes
Use um gráfico para encontrar as coordenadas aproximadas x dos pontos de intersecção das curvas dadas. A seguir, encontre a área aproximada da região limitada pelas curvas y = e x ...
Use um gráfico para encontrar as coordenadas aproximadas x dos pontos de intersecção das curvas dadas. A seguir, encontre a área aproximada da região limitada pelas curvas y = 3 x ...
Use um sistema de computação algébrica para encontrar a área exata da região delimitada pelas curvas y = x 5 - 6 x 3 + 4 x e y = x .
Esboce a região no plano xy definida pelas inequações x - 2 y 2 ≥ 0 ,   1 - x - y ≥ 0 e encontre sua área.