Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Nos Exercícios de 1 a 8, x e y são funções de uma terceira variável t.

5 )   S e   s e n ²   x + cos ² ⁡ y = 5 4     e d x d t = - 1 ,   a c h e d x d t     e m   ( 2 π 3 , 3 π 4 ) .

Passo 1

Para começar, vamos derivar a função:

s e n ²   x + cos ² ⁡ y = 5 4

Como x e y estão em função de t, nós usamos a Regra da Cadeia:

2 . s e n   x . cos ⁡ x . d x d t - 2 . s e n   y . cos ⁡ y d y d t = 0

Usando a identidade:

s e n   2 x = 2 . s e n   x . cos ⁡ x

s e n   2 x . d x d t = s e n   2 y d y d t

Substituindo d x d t   :

- s e n   2 x = s e n   2 y d y d t

Quando x = 2 π 3   e   y = 3 π 4 :

- s e n   4 π 3 = s e n   3 π 2 d y d t

3 2 = - 1 d y d t

Então:

d y d t = - 3 2

Resposta

d y d t = - 3 2

Exercícios de Livros Relacionados

Encontre a derivada da função. y = 2 sen ⁡ π x
Encontre a derivada da função. y = x 2 + 1 x 2 - 1 3
Encontre a derivada da função. y = r r 2 + 1
Encontre a derivada da função. y = cos ⁡ sen ⁡ tg ⁡ π x
Encontre a derivada da função. y = x + x + x
Encontre a derivada da função. G y = y - 1 4 y 2 + 2 y 5
Encontre a primeira e a segunda derivadas da função. y = e α x sen ⁡ β
Encontre a derivada da função. f x = 1 + x 4 2 3
Encontre a derivada da função. y = 3 cot ⁡ n θ
Encontre a derivada da função. f t = 1 + tg ⁡ t 3
Encontre a derivada da função. f ( t ) = sen 2 ⁡ e s en 2 ⁡ t
Nos Exercícios 51-70, determine d y d t . 59. y =   ( t 2 t 3 - 4