Enunciado

O calor específico à pressão constante de um gás ideal é dado por c p = 0 , 7 + 2,7 × 10 - 4 T ( k J / k g ∙ K ) onde T está em kelvin. A variação da energia interna desse gás ideal ao sofrer um processo no qual a temperatura varia de 27   ° C para 127   ° C é de aproximadamente:

  1. 70   k J / k g (d) 82,1   k J / k g
  2. 72,1   k J / k g (e) 84,0   k J / k g
  3. 79 , 5   k J / k g

Passo 1

Faaala, galeraaa! Vamos para mais uma questão?

Temos as seguintes temperaturas, inicial e final, respectivamente:

T 1 = 27 + 273 K = 300   K

T 2 = 127 + 273 K = 400   K

Temos que:

∆ H = H f - H i = ∫ 1 2 c v d T

∆ H = ∫ 1 2 0 , 7 d T + ∫ 1 2 2,7 × 10 - 4 T d T

∆ H = 0 , 7 T 2 - T 1 + 2,7 × 10 - 4 ( T 2 2 - T 1 2 ) 2

Substituindo valores, temos:

∆ H = 0 , 7 400 - 3 00 + 2,7 × 10 - 4 ( 400 2 - 300 2 ) 2

∆ H = 70 + 9,45 = 79,45   k J

Resposta

Letra (c): ∆ H = 70 + 9,45 = 79,45   k J

Exercícios de Livros Relacionados

Uma pessoa cujo peso é 5,20 10 2 N está sendo puxada para cima vertica
Uma pequena esfera é pendurada por uma corda no teto de uma van. Quand
Mostre que o comprimento de atenuação Λ é igual à distância média que
Deve-se usar a expressão relativística para a energia cinética do elét
Use os dados da figura 2-17 para calcular a espessura de uma lâmina de