Enunciado

Uma câmara de reação contém uma mistura de C O 2 , C O e O 2   em equilíbrio a uma temperatura e a uma pressão especificadas. De que maneira (a) o aumento da temperatura a uma pressão constante e (b) o aumento da pressão a uma temperatura constante afetarão o número de mols de C O 2 ?

Passo 1

E aí, tudo bem? Podemos resolver esse problema da seguinte maneira:

(a) A constante de equilíbrio para a reação C O + 1 2 O 2 ⇌ C O 2 pode ser expressa como:

K p = N C O 2 v C O 2 N C O v C O N O 2 v O 2 P N t o t a l v C O 2 - v C O - v O 2

Neste ponto, devemos olhar para os valores da Tabela A- 28 , os quais nos mostram que o valor de K p para essa reação diminui à medida que a temperatura aumenta. Ou seja, a reação indicada será menos completa a temperaturas mais altas. Portanto, o número de mols de C O 2 diminuirá e o número de mols de C O e O 2   aumentará à medida que a temperatura aumentar.

Passo 2

(b) O valor do expoente nesse caso é 1 - 1 - 0,5 = - 0,5 , que é negativo. Assim, à medida que a pressão aumenta, o termo entre parêntese diminui. O valor de K p depende apenas da temperatura e, portanto, não muda com a pressão. Para manter a equação equilibrada, o número de mols dos produtos ( C O 2 ) deve aumentar e o número de mols dos reagentes ( C O e O 2 ) deve diminuir.

Resposta

(a) O número de mols de C O 2 diminuirá e o número de mols de C O e O 2   aumentará à medida que a temperatura aumentar.

(b) O número de mols dos produtos ( C O 2 ) deve aumentar e o número de mols dos reagentes ( C O e O 2 ) deve diminuir.

Exercícios de Livros Relacionados

Algumas propriedades dos gases ideais, como a energia interna e a entalpia, variam apenas com a temperatura – ou seja, u = u(T) e h = h(T). Isso também vale para a entropia?
Uma câmara de reação contém uma mistura de C O 2 , C O e O 2 em equilíbrio a uma temperatura e a uma pressão especificadas. N 2 é então adicionado à mistura enquanto a temperatura ...
Uma câmara de reação contém uma mistura de N 2 e N em equilíbrio a uma temperatura e a uma pressão especificadas. De que maneira (a) o aumento da temperatura a uma pressão constant...
Hidrogênio é queimado com 150 % de ar teórico durante um processo em regime permanente a uma pressão de 1   a t m . A qual temperatura a porcentagem de 98 % de H 2 queimará em H 2 ...
O oxigênio do Prob. 16 – 35 é substituído por ar. Compare a transferência total de calor necessária (em k J / k g ) para aquecer esse ar da mesma maneira, (a) desprezando e (b) inc...
Oxigênio ( O 2 ) a 298   K é aquecido para 3.000   K durante um processo em regime permanente a 1   a t m com vazão de 0,5   k g / m i n . Determine a taxa de fornecimento de calor...
Um tanque com volume constante contém uma mistura de 1   k m o l de H 2 e 1   k m o l de   O 2 a 25   ° C e 1   a t m . O conteúdo é então inflamado. Determine a temperatura e a pr...
Determine a constante de equilíbrio K p do processo C O + 1 2 O 2 ⇌ C O 2 a (a) 298   K e (b) 2.000   K . Compare seus resultados com os valores de K p listados na Tab. A– 28 .
Determine a constante de equilíbrio K p para a reação C H 4 + 2 O 2 ⇌ C O 2 + 2 H 2 O a 25   ° C .
Usando os dados da função de Gibbs, determine a constante de equilíbrio K p do processo de dissociação C O 2 ⇌ C O + 1 2 O 2 a (a) 298   K e (b) 1.800   K . Compare seus resultados...
(a) Água escoa em um chuveiro em regime permanente a uma vazão de 10 L/min. Um aquecedor elétrico colocado no tubo de água aquece a água de 16 °C até 43 °C. Considerando a densidad...
Uma mesa de madeira está em equilíbrio químico com o ar?