Enunciado

Considere uma placa de borracha que está em contato com o gás nitrogênio a 298   K e 250   k P a . Determine as densidades molar e mássica do nitrogênio na borracha na interface.

Passo 1

Bora lá galera!

Devemos supor primeiramente que a borracha e o nitrogênio estão em equilíbrio termodinâmico na interface.

Em seguida, vamos buscar os dados:

A massa molar do nitrogênio é M = 28   k g / k m o l , da Tabela A-1

A solubilidade do nitrogênio em borracha a 298   K é 0,00156   k m o l / m 3 ⋅ b a r , da Tabela 16-3

E 250   k P a = 2,5   b a r

Passo 2

Logo:

C N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 = S × P N 2 , g a s   s i d e

C N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 = 0,00156 ⋅ 2,5

C N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 = 0,0039   k m o l / m 3

E a densidade mássica é:

ρ N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 = C N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 ⋅ M N 2

ρ N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 = 0,0039 ⋅ 28

ρ N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 = 0,1092 k g m 3

Ou seja, haverá 0,0039   k m o l (ou 0,1092   k g ) de gás N 2 em cada volume de m 3 de ferro adjacente à interface.

Essa questão foi, heim... Bora pra próxima?

Resposta

C N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 = 0,0039 k m o l m 3

ρ N 2 ,   s o l i d   s i d e 0 = 0,1092 k g m 3

Exercícios de Livros Relacionados

Uma pessoa cujo peso é 5,20 10 2 N está sendo puxada para cima vertica
Uma pequena esfera é pendurada por uma corda no teto de uma van. Quand
Mostre que o comprimento de atenuação Λ é igual à distância média que
Deve-se usar a expressão relativística para a energia cinética do elét
Use os dados da figura 2-17 para calcular a espessura de uma lâmina de