Responde Aí

Enunciado

Usando os dados da função de Gibbs, determine a constante de equilíbrio K p do processo de dissociação O 2 2 O a 2000   K . Compare seu resultado com o valor de K p listado na Tabela A-28.

Passo 1

Bora lá galera!

  1. O valor K p de uma reação a uma temperatura especificada pode ser determinado a partir da função de Gibbs usando:

K p = e - ∆ G ⋅ ( T ) / R u T ou l n K p = - ∆ G ⋅ ( T ) / R u T

Onde

∆ G * T = v O g O - * ( T ) - v O g O 2 - * ( T )

∆ G * T = v O h - - T ⋅ s - O - v O 2 ( h - - T ⋅ s - ) O 2

∆ G * T = v O h f - + h 2000 - - h 2 98 - - T ⋅ s - O - v O 2 h f - + h 2000 - - h 298 - - T ⋅ s - O 2

Passo 2

Com isso, substituindo os valores numéricos, temos que:

∆ G * T = 2 ⋅ 249,19 + 42,564 - 6852 - 2000 ⋅ 201,135 - 1 ⋅ 0 + 67,881 - 8682 - 2000 ⋅ 268,655

∆ G * T = 243,375   k J / k m o l

Portanto,

l n ⋅ K p = - 243,375   / ( 8,314 ⋅ 2000 ) = - 14,636

Ou K p = 4,4 ⋅ 10 - 7

E na Tabela A-28, l n ⋅ K p = - 14,6 22

Essa questão foi, heim... Bora pra próxima?

Resposta

K p = 4,4 ⋅ 10 - 7