Enunciado

Determine Vx na Figura 10.55.

Passo 1

BOOYAAAH! Eae galera, tudo bein com vocês? Vamos brincar com uns circuitos RLC, mas Relaxa, vamos ficar Ligados que vai dar tudo Certo! Para essa questão, vamos usar uma análise nodal beeem de boas, vai dar bom! Então chega de papo, vamos pra cima!

Passo 2

Seja V o a tensão pela fonte de corrente, utilizando analise nodal, temos:

Onde,

V x = 20 20 + j 10 V o

Passo 3

Combianando isso, nos vamos ter que

Agora ficou no papo hein galera, vamos isolar e encontrar V x !

V o = 60 + j 3 - - 2 + j 0.5 → V x = 20 ( 3 ) - 2 + j 0.5 = 29.11 ∠ - 166 ° V

Resposta

V x = 29.11 ∠ - 166 ° V

Exercícios de Livros Relacionados

Determine i o no circuito da Figura 10.54.
No circuito da Figura 10.46, a corrente i(t) é: 10 cos ⁡ t   A b) 10 s e n   t   A c) 5 cos ⁡ t   A d) 5   s e n   t   A e) 4.472 cos ⁡ t - 63.43 ° A
Por meio da análise nodal, obtenha I 0 no circuito da Figura 10.66.
Usando a Figura 10.51, elabore um problema para ajudar outros estudantes a entender melhor a análise nodal.
Determine V o no circuito da Figura 10.52.
Use a análise nodal para determinar V no circuito da Figura 10.56.
Use o PSpice ou MultiSim para determinar V o no circuito da Figura 10.124. Suponha v = 1   r a d / s .
Usando a Figura 10.127 , elabore um problema para ajudar outros estudantes a entender melhor como realizar a análise C A com o PSpice ou MultiSim.
Use o PSpice ou MultiSim para determinar v 0 ( t ) no circuito da Figura 10.125 . Seja i s = 2 cos ⁡ ( 10 3 t )   A .
Use a análise nodal para determinar V x no circuito mostrado na Figura 10.65.
Consulte a Figura 10.69. Se v s t = V m s e n   w t e v 0 t = A   s e n ( w t + ϕ ) , deduz as expressões para A e ϕ
Use a análise nodal para obter V 0 no circuito da Figura 10.67 a seguir.