Enunciado

Se X e Y são variáveis aleatórias conjuntamente contínuas com função densidade f X , Y x , y , mostre que X + Y é contínua com função densidade f X + Y t = ∫ - ∞ ∞ f X , Y x , t - x d x    

Passo 1

E aí..... Tudo Beleza? Bora para o exercício =)

Para a primeira parte da questão devemos fazer p i = P X Y Z = j , considerando isso teremos:

P 1,1 , 1 = 1 2 . 1 2 . 1 2 → p 1 = 1 8 ;

P 2,2 , 2 = 1 2 . 1 2 . 1 2 = 1 8 ;

Nestes próximos devemos considerar a possibilidade de permutação das posições, que neste caso é três:

P 1,1 , 2 = 1 2 . 1 2 . 1 2 . 3 = 3 8 ;  

P 1,2 , 2 = 1 2 . 1 2 . 1 2 . 3 = 3 8 ;

Passo 2

Para a letra b, devemos considerar o mesmo método, porém levando em conta que p i = P X Y + X Z + Y Z = J ,   considerando isso teremos:

p 3 = 1 8 ; p 5 = 3 8 ; p 8 = 3 8 ; p 12 = 1 8 .

Passo 3

Para a letra c resolveremos do mesmo método com p i = P X 2 + Y Z = j

p 2 = 1 8 ; p 3 = 1 4 ; p 5 = 1 4 ; p 6 = 1 4 ; p 8 = 1 8

E agora, bora para o próximo =)

Exercícios de Livros Relacionados

Uma pessoa cujo peso é 5,20 10 2 N está sendo puxada para cima vertica
Uma pequena esfera é pendurada por uma corda no teto de uma van. Quand
Mostre que o comprimento de atenuação Λ é igual à distância média que
Deve-se usar a expressão relativística para a energia cinética do elét
Use os dados da figura 2-17 para calcular a espessura de uma lâmina de