Responde Aí

Enunciado

Kp = 3,29 x 10-4 para 2 NOCl (g) ↔ 2NO(g) + Cl2(g) a 796°C. Nesta temperatura, estes componentes num certo recipiente têm as pressões parciais: PNOCl = 3,46 atm, PNO= 0,110 atm, e PCl2 = 0,430 atm. O sistema está em equilíbrio?

Passo 1

Para determinar se o sistema está em equilíbrio ou não temos que lembrar do conceito de Quociente reacional (Q), que é a expressão da lei de ação das massas para qualquer ponto da reação.

No equilíbrio, o quociente reacional será igual a constante de equilíbrio, ou seja, Q = k.

Assim, como todos os reagentes e produtos são gasosos, escreveremos o quociente em função das suas pressões parciais:

2 NOCl (g) ↔ 2NO(g) + Cl2(g) a 796°C

Q =   P N O 2 . P C l 2 P N O C l 2

Substituindo pelos valores dados no enunciado,

Q =   0,110 2 . ( 0,430 ) ( 3,46 ) 2 = 4,346   . 10 - 4

Como Kp = 3,29 x 10-4, Q ≠ Kp, logo, não estamos no equilíbrio.

Além disso, podemos determinar também para qual lado esse equilíbrio estará deslocado. Como Q > Kp e o sistema sempre tende ao equilíbrio, o equilíbrio será deslocado de tal forma a diminuir o Q e alcançar o Kp a essa temperatura, ou seja, será deslocado no sentido da reação inversa, a fim de formar mais NOCl e consumir NO e Cl2, pois assim o Q irá diminuir e alcançar Kp.

Resposta

O sistema não está em equilíbrio pois Q ≠ Kp, onde Q é o quociente da reação nessa temperatura e com as concentrações dadas no enunciado, e Kp é constante do equilíbrio nessa temperatura.