Ligações Químicas

Resumo

Olá, seja bem vindo ao Responde Aí, uma plataforma de exatas irada que vai te ajudar a arrebentar nas provas!

Partiu bater um papo rápido agora sobre Ligações Químicas?

As ligações químicas nada mais são que interações que ocorrem entre átomos para formarem moléculas. Existem dois tipos mais impotantes de ligações químicas, que iremos abordar a seguir.

Tipos de Ligações Químicas

Ligações Iônicas

A primeira coisa que precisamos entender nas ligações iônicas é que elas ocorrem entre íons.

Quando temos um átomo com número de prótons igual ao número de elétrons, temos um átomo neutro. Quando há desequilíbrio entre o número de prótons e de elétrons nós temos um íon. Os íons podem ser cátions ou ânions:

Defini��ão de cátion e ânion
Defini��ão de cátion e ânion

Existem átomos que tem tendência a perder elétrons e virar um cátion e outros que tem tendência a ganhar elétrons e virar um ânion. Toda essa tendência tem a ver com o que chamamos de regra do octeto. Segundo essa regra, os átomos são mais estáveis quando apresentam $8$ elétrons na camada de valência, então os átomos perdem ou ganham elétrons para que a sua última camada (camada de valência) fique com exatos $8$ elétrons e eles se tornem estáveis.

Mas sabe o que é mais legal? É que os ânions e os cátions se unem para formar a ligação iônica, porque olha, se tem um átomo que quer perder elétron e outro que quer ganhar nada mais justo que se juntarem e todos ficarem felizes não é mesmo? hahaha

O sal de cozinha, que tem na casa de todos nós, é uma molécula formada por uma ligação iônica, ela é composta pelo sódio $Na^+$ e pelo cloro $Cl^-$. Eles se juntam e formam uma molécula de carga neutra.

O que mantém essas moléculas unidas é a atração eletrostática entre as cargas.

Ligações Covalentes

Mas e se tivermos dois átomos, que não querem perder nem ganhar elétrons, será que eles ainda podem se ligar?

Podem sim!! Quando os átomos precisam ganhar elétrons para completar os $8$ elétrons na camada de valência e se tornarem estáveis, mas nenhum dos dois quer dar o elétron de vez pro outro, o que eles fazem é se ligarem compartilhando os elétrons.

Esse tipo de ligação, na qual os elétrons são compartilhados, é a que chamamos de ligações covalentes.

De maneira geral a ligação covalente é formada assim: Cada átomo entra na ligação compartilhando um de seus elétrons; a ligação é, então, formada por dois elétrons que passam a pertencer simultaneamente aos dois átomos envolvidos:

Definição de ligação covalente
Definição de ligação covalente

Bem maneiro não é?

Esse é só o comecinho de tudo que a gente ainda pode te mostrar sobre as ligações químicas.

Eu vou deixar logo aqui em seguida dois vídeos bem rapidinhos, produzidos pela equipe super dedicada do Responde Aí, que falam sobre ligação iônica e ligação covalente, respectivamente.

Depois de assistir os vídeos eu convido você a dar uma olhada aqui embaixo 👇🏽 no nosso Raio-X, onde pegamos TODA a matéria que você precisa saber sobre ligações químicas e separamos em capítulos e tópicos, assim você pode estudar de maneira bem rápida e organizada. Dá um conferida aí 😆

Raio-X

Livros Resolvidos

  • Princípios de Química: Questionando a Vida Moderna e o Meio Ambiente - Peter Atkins, Loretta Jones e Leroy Laverman
  • Conteúdos Complementares

    Fórmulas de Ligações Químicas

    Fórmula da Carga Formal