Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Se apenas uma força não-nula atua sobre um objeto, o objeto está acelerado em relação a todos os referenciais inerciais? É possível que o objeto tenha velocidade nula em algum referencial inercial e não-nula em outro? Caso afirmativo, dê um exemplo específico.

Passo 1

Tudo bem galera? Vamos resolver esse problema conceitual. Como o nome já nos sugere, vamos trabalhar em cima dos conceitos que foram apresentados no capítulo.

Galera, pra resolver essa questão precisamos estar afiados nos conceitos de primeira e segunda lei de Newton.

Usamos a primeira Lei para definir o que seria referencial inercial. Podemos dizer que um referencial é tido como inercial quando este não está acelerando. Então ele pode estar parado ou com velocidade e orientação constantes.

A segunda Lei de Newton nos diz que uma força resultante confere a um corpo de massa m uma determinada aceleração.

F → = m ⋅ a → .

Então se temos uma força não nula, atuando sobre um objeto, ele estará acelerado em relação aos referenciais inerciais.

Também nos é perguntado seé possível que um objeto tenha velocidade nula em um referencial inercial e não nula em outro.

A resposta também é sim... Vamos imaginar a seguinte situação:

Dois carros estão em uma rodovia indo no mesmo sentido, e com velocidades iguais e constantes. A velocidade de um em relação ao outro é nula. Já, se considerarmos agora um observador parado no acostamento da rodovia, para ele, os carros estarão com velocidade não nula.

Exercícios de Livros Relacionados

Você é passageiro de uma limusine que tem os vidros opacos que não lhe
Um saco de guloseimas encontra-se sobre o assento de seu carro quando
Ultrapassando um carro em uma rodovia, você verifica que, em relação a
Uma bola está sob a ação de uma força única, conhecida. Apenas com est
Os problemas de 43 a 52 descrevem uma situação. Para cada uma delas, d