Escoamento Interno

Resumo

Quer entender tudo sobre escoamento interno e arrasar na prova? Então vem comigo!

Vamos começar pensando no encanamento da sua casa. A água pra chegar na pia da cozinha ela passa por tubulações, dutos e canos, não é mesmo?

Água passando/escoando no interior de tubulações
Água passando/escoando no interior de tubulações

O escanamento das nossas casas é um ótimo exemplo de escoamento interno. Temos a água escoando no INTERIOR de tubulações.

Está começando a fazer sentido agora o nome escoamento interno? Chamamos assim o escoamento de fluidos no interior de tubulações, dutos, canos, etc.

Agora que já entendemos o que é um escoamento interno, imagina a água escoando dentro da tubulação. Concorda comigo que a água está sempre em contato com a superfície interna da tubulação?

Então, esse contato do fluido, no nosso caso a água, com a superfície interna do tubo gera um atrito interno. É como se as paredes do tubo funcionassem como uma resistência ao escoamento do fluido e como resultado, temos que as moléculas de fluido que estão mais próximas da parede possuem velociddade menor que as moléculas que estão mais distantes da parede, criando assim um perfil de velocidade de escoamento no interior do tubo:

Perfil de velocidade no interior do tubo
Perfil de velocidade no interior do tubo

Esse perfil de velocidade ocorre devido a resistência interna ao fluir do fluiro e, a propriedade associada à resistência ao escoamento é a viscosidade. Por isso, o escoamento interno é também um escoamento viscoso.

Além disso, quando vamos estudar o escoamento interno a gente considera que a densidade do fluido não varia, que ela é constante durante todo o escoamento.

Isso acontece na vida real? NÃO hahahaha, a densidade do fluido sempre varia, principalmente se tivermos falando de um gás, mesmo que só um pouquinho, mas a gente considera isso para facilitar a nossa vida na hora dos cálculos.

Chamamos de escoamento incompressível o escoamento no qual a densidade do fluido não varia.

Então, quando estudamos escoamento interno, estudamos na verdade um escoamento interno viscoso e incompressível, sacou?

A matéria já está começando a escoar pelas suas veias, 🤣, e é assim que começa.

Uma vez entendido o que é um escoamento interno viscoso e incompressível, fica mais fácil continuar os estudos e entender o que é o número de Reynolds, o que é um escoamento laminar e turbulento e como definir cada um deles, o que é perda de carga e muitas outras coisas.

Todo esse conteúdo você encontra aqui no Responde Aí. Confere o nosso Raio-X aqui em seguida e aprenda sem turbulência! 👇🏽

Raio-X