Escoamento Interno Viscoso e Incompressível

RESUMO

O QUE É ESCOAMENTO INTERNO VISCOSO E INCOMPRESSÍVEL?

Escoamento interno, viscoso e incompressível é quando temos um fluido escoando dentro de uma tubulação (por isso interno), sofrendo atrito na parede do tubo(por isso viscoso) e com densidade constante (por isso incompressível). À partir dele podemos estudar várias coisas, como o tipo de escoamento, a perda de carga e a vazão!

EXEMPLOS:

  1. Calculando o número de Reynolds R e d = ρ V d μ é possível definir se o escoamento é laminar ou turbulento.
  2. A medição da vazão pode ser feita através diferença de pressão, quando diminuímos o diâmetro da tubulação pela qual o fluido está passando.

A matéria já tá começando a escoar pelas suas veias!

Agora ficou mais simples continuar!

O QUE VOCÊ PRECISA APRENDER:

Nós preparamos um guia para você aprender a fazer:

Nós preparamos um guia pra você também aprender:

  • Como usar o diagrama de moody para calcular o fator de atrito em regime turbulento.
  • A encontrar a perda de carga localizada em vários tipo de acidente usando a tabela com os valores de K.
  • Calcular a vazão usando vários tipos e medidores.
  • Encontrar o número de Reynolds e perda de carga em tubos não circulares.

Aprenda sem turbulência com nosso RAIOX:

Vá do 0 à APROVAÇÃO com nosso RAIO‐X
de Escoamento Interno Viscoso e Incompressível, veja abaixo:

RAIO-X

Tá com pouco tempo para estudar e precisa mandar bem na prova?

Nosso RAIO-X te da o passo a passo para matar todo o assunto de Escoamento Interno Viscoso e Incompressível em pouco tempo, numa linguagem simples, e deixando mais seguro(a) para prova.

VAMOS AO RAIO-X:

Podemos separar Escoamento Interno Viscoso e Incompressível em 3 partes:

COMO APRENDER TUDO ISSO EM POUCO TEMPO?

O maior erro que você pode cometer é tentar estudar de forma desorganizada, seja procurando vídeos no YouTube, pulando pro caderno, livro do professor ou a famosa xerox. Você acaba perdendo muito tempo e não sente que está realmente avançando.

O segredo é ter um guia, que te diga não só que tópicos estudar e em que ordem, como também te indique bons resumos (em texto ou vídeo) e exercícios selecionados em ordem de dificuldade, com resolução passo a passo.

Comece abaixo com a primeira parte:
1.Perda de Carga Global

1. Perda de Carga Global

Para aprender Escoamento Interno Viscoso e Incompressível você deve estudar os seguintes tópicos, nessa ordem:

- Escoamento Laminar e Turbulento e Perda de Carga

- Diagrama de Moody e fator de atrito

Proxima parte de Escoamento Interno Viscoso e Incompressível
2.Perda de Carga Global

2. Perda de Carga Localizada e Dutos não-circulares

Para aprender Escoamento Interno Viscoso e Incompressível você deve estudar os seguintes tópicos, nessa ordem:

- Perdas localizadas e Dutos não-circulares

Proxima parte de Escoamento Interno Viscoso e Incompressível
3.Perda de Carga Localizada e Dutos não-circulares

3. Medição de vazão

Para aprender Escoamento Interno Viscoso e Incompressível você deve estudar os seguintes tópicos, nessa ordem:

- Medidores de vazão: orifício, bocal e venturi

Proxima parte de Escoamento Interno Viscoso e Incompressível
4.Medição de vazão

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas