Responde Aí

Exercícios Resolvidos de Manipulando matrizes

Ver Teoria

Enunciado

Dada uma matriz de ordem 5, imprimir a quantidade de linhas e colunas nulas.

Passo 1

Vamos começar o nosso programa pelo seu escopo.

Passo 2

Em seguida, podemos declarar e inicializar as variáveis que nos ajudarão.

Informações:

  • i e j são variáveis contadoras;
  • f l a g é uma variável representativa booleana que informa ao programa se determinada linha ou coluna é ou não nula;
  • l N u l a s e c N u l a s são variáveis que armazenam a quantidade de linha ou colunas nulas, respectivamente.

Passo 3

Com as variáveis que serão necessárias já declaradas e devidamente inicializadas, podemos requisitar ao usuário o preenchimento da matriz com elementos que serão inseridos por ele.

Passo 4

Iniciaremos a nossa busca por linhas nulas.

Para isso, reinicializaremos a variável f l a g a cada loop do laço de repetição principal (laço das linhas) enquanto verificamos se alguma coluna dessa linha possui um valor diferente de 0 (segundo laço de repetição).

A lógica consiste em atribuir valor 1 a f l a g caso algum elemento da linha sendo processada seja diferente de 0. Caso seja, sabemos que a linha não é nula, caso contrário acrescentaremos uma unidade em sua contagem (linha 17).

Passo 5

O mesmo ocorre quando buscamos por colunas nulas, a grande diferença está na maneira com que fazemos isso. Agora, o primeiro laço deve avançar nas colunas enquanto o segundo verifica se cada elemento dessa coluna é diferente de 0.

Basicamente, a única coisa que temos que fazer é inverter a função dos laços, o que executava primeiro para verificar linhas nulas agora executa depois e vice-versa. Vale lembrar que a variável também muda, agora utilizaremos c N u l a s que é a responsável pela verificação de colunas nulas.

Passo 6

Por fim, basta imprimirmos as variáveis l N u l a s e c N u l a s que são responsáveis por armazenar a quantidade de linhas e colunas nulas, respectivamente.