Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Determine os valores críticos t para a hipótese, tamanho de amostra e nível de significância de dados.

H 0 : μ ≥ 100

n = 12

α = 0,05

Passo 1

Fala galera! Vamos resolver mais uma questão!

Lembra do nosso bizu? Sempre quando tiver na Hipótese Nula uma igualdade ( = ) ou uma desigualdade ( ≠ ) o nosso teste vai ser bilateral, vulgo bicaudal. Nos outros casos sempre vai ser unilateral.

Olhando para nossa hipótese alternativa, podemos observar que teremos um teste unilateral, pode chamar de unicaudal se quiser, fique à vontade!

Então vamos selecionar os nossos dados:

H 0 : μ ≥ 100

H 1 : μ < 100

n = 12

α = 0,05

Calculamos o nosso número de graus de liberdade,

G L = n - 1 = 12 - 1 = 11

Passo 2

Pela tabela A-3, cruzando os valores de α e GL, nós encontramos nosso valor t c r í t i c o = 1,796 .

Lembra que eu falei que o teste era unilateral? Então, esse vai ser o valor da área abaixo de apenas um lado do nosso gráfico. Pra saber se é direita ou esquerda nós olhamos para o sinal da hipótese alternativa H 1 . Então segue a regra:

A nossa hipótese alternativa ( H 1 : μ < 100 ) se enquadra em um teste lateral esquerdo.

Agora é só partir pro abraço! Esse vai ser o nosso gráfico:

Resposta

Olha só! A questão já entregou de bandeja o tamanho da amostra ( n = 12 ) e o nível de significância ( α = 0,05 ) , então pra fechar a gente coloca só o nosso t c r í t i c o = - 1,796 .

Vamos resolver outra?

Exercícios de Livros Relacionados

Uma pessoa cujo peso é 5,20 10 2 N está sendo puxada para cima vertica
Uma pequena esfera é pendurada por uma corda no teto de uma van. Quand
Mostre que o comprimento de atenuação Λ é igual à distância média que
Deve-se usar a expressão relativística para a energia cinética do elét
Use os dados da figura 2-17 para calcular a espessura de uma lâmina de