Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Uma amostra de 1.00 mol de um gás perfeito a 27°C, se expande isotermicamente da pressão inicial de 3,00 atm até a pressão final de 1,00 atm, de duas maneiras: (a) reversivelmente e (b) contra uma pressão externa constante de 1,00 atm. Determine os valores de q ,   w ,   ∆ U ,   ∆ H , ∆ S ,   ∆ S v a p   e   ∆ G em cada processo.

Passo 1

Oi pessoal, vamos resolver essa questão?

Para os cálculos da parte (a) vamos usar as relações:

w = - n R T ln ⁡ ( p i p f )

∆ H = ∆ U =

q = ∆ U - w

∆ S = q r e v T

∆ S t o t a l = 0

∆ S s u r = ∆ S t o t a l - ∆ S

Passo 2

Para a parte (b) vamos usar as seguintes relações:

w = - n R T ( p e x p f - p e x p i )

∆ H = ∆ U = 0

q = ∆ U - w

∆ S = q r e v T

∆ S s u r = - q T s u r

∆ S t o t a l = ∆ S + ∆ S s u r

Passo 3

Por fim, com as expressões e os dados em mãos vamos montar a seguinte tabela com os resultados:

Resposta

Exercícios de Livros Relacionados

Um certo vapor, a 22 atm e 5°C, se expande adiabaticamente até a press
Uma amostra de 1,00 mol de um gás perfeito monoatômico, aço Cvm=3/2 R,
O valor de C p para uma amostra de gás perfeito varia com a temperatur
Quando se aquecem 2,0 mol de C O 2 , na pressão constante de 1,25 atm,
Quando se aquecem 3,0 mol de O 2 , na pressão constante de 3,25 atm, s