Reação de Saponificação

Resumo

Fala aí, nós somos o Responde Aí, e nossa missão é ajudar você a mandar bem na sua prova!

Chegou o momento de você saber qual a reação usada para fabricar o famoso sabão, tão presente na nossa vida para cuidar da higiene pessoal e da casa também. A reação de saponificação tem esse nome justamente porque ficou muito conhecida em razão da enorme utilização na indústria para confecção de sabonetes e sabão em barra.

Sem mais enrolação, a reação saponificação ocorre basicamente entre um éster e uma base inorgânica forte, como por exemplo o hidróxido de sódio ($NaOH$), em meio aquoso sob aquecimento, gerando um sal orgânico e um álcool.

Essa reação geral que está representada aí é chamada também de Hidróliise Alcalina, mas é mais conhecida como reação de saponificação porque é por meio desse tipo de reação que o sabão é produzido.

Para a produção de sabão, o éster mais utilizado é o triglicerídeo, muito presente em óleos e gorduras. O triglicerídeo na verdade é um triéster:

A base utilizada é o hidróxido de sódio mesmo, e como produto teremos o sabão, que é o sal orgânico formado na reação, mais o glicerol (álcool):

Como o triglicerídeo está presente em gordura e óleo, é muito comum sabão ser fabricado de maneira artesanal, utilizando óleo de cozinha usado. E isso é até bom para evitar o descarte inadequado desse óleo. Show de bola, né?

Outra informação maneira é que dependendo da base que utilizamos o sabão fica mais duro ou mais mole. Utilizando o $NaOH$, por exemplo, nós temos um sabão mais durinho.

E acabamos por aqui 😉

Conteúdos Complementares

Conceitos de Reatividade dos Compostos Orgânicos

Reação de Esterificação

Fórmulas de Reatividade dos Compostos Orgânicos

Titulação Redox