Enunciado

FenTrans, MecFlu, TransCal e TransMassa - Frank White - Mecânica dos Fluidos - Capítulo 6.Problemas para exames de fundamentos de engenharia - Ex. 3

Ver Outros Exercícios
desse livro

Para o escoamento de óleo [ μ = 0,1   k g / ( m . s ) , d = 0,9 ] a 14 m³/h por um tubo liso, reto e longo, de 5 cm de diâmetro, a queda de pressão por metro é aproximadamente

  1. 2200 Pa
  2. 2500 Pa
  3. 10000 Pa
  4. 160 Pa
  5. 2800 Pa

Passo 1

E aí, gente!! Tudo tranquilo? Essa questão vai ser bem simples e maneira ao mesmo tempo de fazermos juntos, sabe por qual motivo? Aqui precisamos trazer a lembrança que a queda de pressão tem ligação direta com o fator de rugosidade. Então, de primeira, vou te convidar a calcularmos o número de Reynolds.

R e = ρ V D μ

d = ρ ρ á g u a → ρ = d   ρ á g u a = 998 x 0,9 = 898,2   k g / m ³

Q = V A → V = 4 Q π D 2 = 1,98   m / s

Já substituindo dentro da equação de Reynolds, vamos ter:

R e = 898,2 1,98 0,05 0,1 = 889,22

R e = 889,2   ( l a m i n a r )

Passo 2

Para escoamentos laminares, temos:

Δ p = 128 μ L Q π D 4 → Δ p L = 128 0,1 14 3600 π 0,05 4 = 2535   P a

Aproximadamente 2500 Pa

Resposta

(b) 2500 Pa

Exercícios de Livros Relacionados

Considere um escoamento incompressível em um duto circular. Deduza exp

Ver Mais

Conforme discutido no Problema 8.52, a diferença de pressão aplicada,

Ver Mais

Uma bomba succiona água ( γ = 10000   N / m 3 ) de um reservatóri

Ver Mais

Na instalação da figura, a potência trocada entre o fluido e a máquina

Ver Mais

A válvula de um circuito, mostrada na figura, tem D 1 = 2   c m e

Ver Mais