Fórmula da Força Resultante

Resumo

Fala aí, nós somos o Responde Aí, e nossa missão é ajudar você a mandar bem na sua prova.

A força resultante sobre um corpo é a SOMA de todas as foças que atuam nesse corpo:

Onde:

  • F R é a força resultante;
  • F 1 ,   F 2 , ...,   F N são as forças que atuam no corpo, em N e w t o n   ( N )

Uma informação super importante: A unidade da nossa Força Resultante também é expressa em N e w t o n   ( N ) .

Como a força é uma grandeza vetorial, a soma é uma SOMA VETORIAL e podemos separar em alguns casos:

Caso 1: Forças com mesma direção e sentido

Para forças com mesma direção e mesmo sentido, ou seja, o ângulo entre elas é 0 ° , a força resultante será:

Caso 2:Forças com mesma direção, mas sentidos contrários

Para forças com mesma direção, mas sentidos contrários, ou seja, o ângulo entre elas é 180 ° , a força resultante será:

Mas presta bastante atenção aqui:

  • F 1 é a força de maior módulo;
  • F R tem direção e sentido da força de maior módulo

Caso 3:Forças perpendiculares

Para forças com perpendiculares, ou seja, o ângulo entre elas é 90 ° , a força resultante será:

Caso 4:Caso Geral

No caso geral, vamos tratar de forças que formam entre si um ângulo qualquer:

Nesse caso, a força resultante será dada pela Lei dos Cossenos:

Para que serve?

Uma coisa que é muito importante saber sobre um corpo é se ele está em equilíbrio estático ou não, e essa informação nós conseguimos saber através da força resultante. Força resultante igual a zero, significa que o corpo está em equilíbrio, beleza? Bora fazer um exemplo pra deixar tudo bem claro!

Diga se o objeto abaixo está em equilíbrio:

Para sabermos se o corpo está em equilíbrio precisamos calcular a força resultante que atua sobre ele.

As forças   F 1 e F 2 formam 180°, então:

As forças   F 3 e F 4 também formam 180°, então:

Logo, a força resultante será:

Como a força resultante é igual a zero, o corpo está em equilíbrio.

Conteúdos Complementares