Responde Aí

Enunciado

Luz branca incide em um ângulo de 30 ° com a normal a um plano que tem um par de fendas separadas por 2,50   μ m . Quais comprimentos de onda na região do visível dão máximos de interferência na luz transmitida na direção normal ao plano? (Veja o Problema 38.)

Passo 1

Meus amigos e minhas amigas!

Para encontrar os comprimentos de onda na região do visível que dão máximos de interferência na luz transmitida, podemos proceder da seguinte forma:

Relacionar as duas equações:

∆ l = d s e n α + d s e n ( θ )

∆ l = m λ ; c o m   m   i n t e i r o

Passo 2

Vamos dar início:

∆ l = d s e n α + d s e n ( θ )

∆ l = m λ ; c o m   m   i n t e i r o

Vamos igualar as equações:

d s e n α + s e n θ = m λ

λ = d s e n α + s e n θ m

Vamos considerar θ = 0 :

λ = d s e n α m

Vamos aplicar os valores fornecidos:

λ = 2.50   μ m ∙ s e n 30 ° m

Analisando a tabela:

Constatamos que 625 nm e 417 nm são comprimentos de onda na região do visível que fornecem máximos de interferência na luz.

Resposta

625 nm e 417 nm

Ver Outros Exercícios desse livro

Exercícios de Livros Relacionados

No experimento de Young, com a luz incidindo perpendicularme
Dois raios luminosos, inicialmente em fase e com um comprime
Um experimento de dupla fenda produz franjas claras para a l
Um padrao de interferincia de fenda duplaeformado usando luz
Um padrao de interferencia de fenda duplaeformado usando luz