Enunciado

Classificando os tipos de probabilidade: Nos exercícios 41 a 46, classifique a afirmação como um exemplo de probabilidade clássica, empírica ou subjetiva. Explique seu raciocínio.

45. A probabilidade de que um número selecionado aleatoriamente de 1 a 100 seja divisível por 6 é 0,16.

Passo 1

O primeiro passo é definir probabilidade Clássica ou Teórica:

Probabilidade clássica (ou teórica) é usada quando cada resultado em um espaço amostral é igualmente possível de ocorrer. A probabilidade clássica para um evento E é dada por: P(E) = número de resultados no evento E/ número total de resultados no espaço amostral.

Passo 2

O segundo passo é definir probabilidade Empírica ou estatística:

Probabilidade empírica (ou estatística) é baseada em observações obtidas de experimentos probabilísticos. A probabilidade empírica de um evento E é a frequência relativa do evento E. P(E) = frequência do evento E /frequência total = f / n

Passo 3

O terceiro passo é definir probabilidade Subjetiva:

A probabilidade subjetiva resulta de conjeturas e de estimativas por intuição. Por exemplo, dada a saúde de um paciente e a extensão dos ferimentos, um médico pode sentir que o paciente tem 90% de chance de recuperação total. Ou um analista de negócios pode prever que a chance de os funcionários de certa empresa entrarem em greve é de 0,25.

Passo 4

Nesse último passo, classificaremos a probabilidade da afirmativa.

Podemos afirmar que trata-se de probabilidade clássica, tendo em vista que cada resultado no espaço amostral possui a mesma chance de acontecer, ou seja, é igualmente provável de ocorrer.

Resposta

Probabilidade clássica porque cada resultado no espaço amostral é igualmente provável de ocorrer.