Radiação Ionizante

Resumo

Fala aí, nós somos o Responde Aí, e nossa missão é ajudar você a mandar bem na sua prova!

A radiação ionizante são ondas que possuem energia suficiente para fazer com que elétrons se desprendam de átomos ou moléculas. Esse processo de arrancar elétrons de um átomo é chamado de ionização.

Quando elétrons são arrancados de um átomo ou molécula, as propriedades e estrutura dos mesmos se alteram e por isso essas radiações ionizantes são tão prejudiciais a saúde quando somos expostos à elas, porque elas podem modificar a estrutura de átomos e moléculas que compõem o nosso corpo, estando até intimimante ligadas com o desenvolvimento de câncer.

As radiações ionizantes possuem um poder relativo de penetração na matéria. Esse poder de penetração está relacionado com a massa da partícula, quanto mais pesada a partícula, menor seu poder de penetração.

As $3$ radiações ionizantes mais conhecidas são: a partícula $α$, a partícula $β$ e a partícula $γ$, que são produzidas por núcleos de átomos instáveis. A relação das massas dessas partículas é a seguinte:

$$massa (α)>massa(β)>massa(γ)$$

E por isso o poder de penetração da partícula $γ$ é maior do que o da partícula $β$, que por sua vez, é maior que o da partícula $α$.

A partícula $α$, que é a mais pesada, é a que menos tem capacidade de penetrar, uma folha de papel já a impede. Mas agora, a partícula $γ$ é a mais perigosa, você precisa de um metal bem espesso para que ela não saia atropelando tudo que ela vê pela frente.

Dá uma olhada aqui em como é a penetração dessas radiações no nosso corpo. Lembrando que quanto mais a partícula conseguir penetrar no nosso corpo, maior o estrago que ela pode fazer:

Existem outros fatores que podem influenciar no dano causado na saúde quando somos expostos a radiação ionizante, como a intensidade da fonte, o tipo de radiação e o tempo de exposição.

As radiações ionizantes podem ocorrer naturalmente, através da decomposição de susbstâncias radioativas ou através de fontes artificiais.

Só para fecharmos esse conceito, os raios $X$ , aqueles usados nos exames de radiografia, também são radiações ionizantes. Os tecidos e músculos são praticamente atravessados por essa radiação, enquanto os ossos as absorvem e com isso podemos ver aquela imagem dos ossos gerada. Por utilizar uma radiação ionizante não é indicado fazer exame de raio $X$ com frequência.

É isso, galerinha!

Curtiu esse conteúdo? Então continua com a gente porque temos vários conceitos que salvam vidas hahaha.

Conteúdos Complementares