Metais refratários

Teoria Completa

E aí, tudo bem?

Fala ai galera, vejam comigo a imagem abaixo, vamos refletir, que tipo de material poderia ser utilizado para esta caldeira que aguente elevadas temperaturas? Sabemos que quando aquecemos os plásticos por exemplo eles amolecem, então já sabemos que não poderiam ser utilizados, então qual seria a opção? Temos uma classificação de materiais denominadas de metais refratários, vamos estudar mais sobre eles?

Metais refratários

Os metais refratários diferentemente dos metais “comuns”, como por exemplo: o aço, alumínio, ferro fundido, são altaaaaaamente resistentes a elevadas temperaturas. O que justificaria o uso que comentamos “arriba”. Sabe porque disso?

Porque estes metais apresentam um elevado ponto de fusão, tipo alto mesmoooo, muito acima dos metais convencionais, por isso ele é muito utilizado em fornos. Vamos ver os diferentes tipos destes metais? Let’s go!!!

Ligas de Molibdênio

Liga de Molibdénio Também chamado liga de Mo, é feita de molibdénio além de outros elementos, como: níquel (Ni), cobre (Cu), titânio (Ti), zircónio (Zr), háfnio (IC), tungstênio (W). E o que acontece quando adicionamos esses elementos?

Estes elementos que eu te comentei antes, quando adicionado junto ao MO aumenta a ductilidade do material a baixa temperatura, melhora a resistência à tração. Como essa liga apresenta uma ótima estabilidade microestrutural em temperaturas maiores que 2000°C (quer dizer que não ocorre mudanças brusacas na microestrutura), ele é considerado um metal refratário. Sabe quais as principais características?

Como te disse antes, elevado ponto de fusão, devido a elevada densidade, baixa expensão térmica (o que justifica também seu uso), boa resistência térmica e a corrosão.

Nióbio

O nióbio (Nb) tem uma densidade altíssima (8,57 g/cm³) o que justifica seu elevado ponto de fusão (2468° C). Ele pode ser usado em diferentes setores: desde siderurgia a setores intensivos em tecnologia. A aplicação mais comum do nióbio, é na siderurgia e às vezes no segmento não metalúrgico.

O nióbio tem muitas caractertisticas beeeeem interessantes, tipo: é um dos metais que mais resistem à corrosão, principalmente em meios ácidos, alémde apresentar um baxo módulo de elasticidade (baixa rigidez).

Tungstênio

Cara esse metal é irado, é o que apresenta maior ponto de fusão dentre os metais refratários (aproximadamente 3700°C), sabe porque ??? Porque apresenta nada mais nada menos que uma densidade de 19 g/cm³, ou seja, é necessária uma elevada energia para fundir este material. Consequentemente tem uma rigidez extremamente alta (406GPa). Apresenta uma boa resistência a corrosão e é muito utilizado em lâmpadas.

Tântalo

E por último e não menos importante o tântalo. Dos que já vimos até agora é o menos abundante na crosta terrestre. E como caracteristitca, apresenta: baixa ductilidade, resistência, bom condutor térmico e boa resistência a corrosão (ahh em temperaturas ambientes). Ele é mais comumente usado em permutadores de calor.

Agora vamos práticar nossos conhecimentos nos exercícios? :D

Expandir

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas