Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Um campo magnético uniforme B → é perpendicular à base de um hemisfério de raio R . Calcule o fluxo magnético (em termos de B e R ) através da superfície esférica do hemisfério.

Passo 1

E aí bonit@s, vocês estão bem?

Se liguem só que essa questão é resolvida num piscar de olhos e se você piscar a resolução acaba e você nem viu. Olha só, o fluxo através da base também deve penetrar na superfície esférica sendo assim, aplicaremos o sinal de ± na definição do fluxo magnético, então, teremos

ϕ m = ± A B

Como estamos trabalhando com uma área que é uma circunferência, podemos expressar o fluxo em função de R pelo fato de que temos

A = π R 2

Dessa forma, nosso fluxo magnético será

ϕ m = ±   π R 2 B

Pronto, tá resolvido nosso problema. Não disse que era feito em um piscar de olhos?

Resposta

ϕ m = ± π R 2 B

Exercícios de Livros Relacionados

Quando a corrente em uma bobina de 8 H é igual a 3 A e aumenta para 20
Determine o fluxo magnético através de um solenoide de 400 voltas que
Determine o fluxo magnético através de um solenoide de 800 voltas que
Um condutor cilíndrico longo com raio R e comprimento L conduz uma cor
44- Variação no campo magnético. Você está testando um novo sistema de