Exercícios Resolvidos de Fórmulas Químicas

USP – Lista de Exercícios de Estequiometria. Questão 05.

O cobre forma dois óxidos. Em um deles, existem 1,26 g de oxigênio combinado com 10,0 g de cobre. No outro, existem 2,52 g de oxigênio combinados com 10,0 g de cobre. Demonstre que estes dados ilustram a lei das proporções múltiplas.

Passo 1

Primeiramente, o que é essa tal lei das proporções constantes?

Essa lei foi enunciada por Dalton. Aquele do modelo atômico bola de bilhar.

Como Dalton ficava lá dizendo que o átomo era indivisível, ele acreditava que, ao formar compostos, os átomos se combinavam através de números inteiros.

Ou seja: era impossível você ter 1 átomo de hidrogênio se combinando com 0,5 átomos de oxigênio. Se esses caras se combinavam na razão de 2:1, então 2 átomos de hidrogênio deveriam se combinar com 1 átomo de oxigênio.

Embora o modelo atômico de Dalton tenha caído em desuso, a Lei das Proporções Múltiplas é válida!

Ela diz que os átomos se combinam através de números inteiros e que, caso dois elementos sejam capazes de se combinar formando mais de um composto (tipo N O , N 2 O , N O 2 ...), caso a gente fixe a massa de um dos elementos em todos os compostos, as massas do outro elemento nos diferentes compostos terão entre si uma razão inteira.

Entre N O e N 2 O , por exemplo, fixando a massa de oxigênio com 16 g, temos 14 g e 28 g de nitrogênio, respectivamente. E a razão entre 28 e 14 é um número inteiro: 2 .

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

O papo tá bom (mentira), mas vamos para o que interessa.

No primeiro óxido entre Cu e O, o número de mols de Cu é dado por:

n C u = m C u M M C u = 10 63,546 = 0,16

E o número de mols de O:

n O = m O M M O = 1,26 16,00 = 0,08

Como o número de mols de Cu é o dobro do de O, a fórmula mínima desse óxido seria C u 2 O .

E no segundo óxido:

n C u = m C u M M C u = 10 63,546 = 0,16

n O = m O M M O = 2,52 16,00 = 0,16

Como o número de mols de Cu e O são iguais, a fórmula mínima do óxido será C u O .

E os átomos então combinado através de números inteiros, mas isso meio que a gente “faz acontecer” né.

Passo 3

Mas a Lei das Proporções Múltiplas diz que fixando a massa de um dos elementos, as massas do outro elemento terão entre si uma razão inteira.

O enunciado já fixa a massa de Cu em 10 g, só precisamos ver se, de fato, a razão entre as massas de oxigênio dos dois óxidos é um número inteiro:

2,52 1,26 = 2

Beleza! Os óxidos de cobre expostos estão ilustrando a lei das proporções múltiplas.

Resposta

2,52 1,26 = 2

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas