Lista de Exercícios Resolvidos de Reações em Equilíbrio

Ver Teoria

Considere o seguinte equilíbrio químico:

N 2 ( g ) + O 2 ( g ) + B r 2 ( g ) ⇌ 2 N O B r ( g )

Calcule o valor de K p sabendo-se que T = 298   K e que:

2 N O g + B r 2 g ⇌ 2 N O B r g       K c = 2,0

2 N O g ⇌ N 2 ( g ) + O 2 ( g )     K c = 2,1 . 10 30

Ver solução completa

A constante de equilíbrio K c para a reação N 2 ( g ) + O 2 ( g ) ⇌ 2 N O ( g ) a 1200°C é 1,00 . 10 - 5 . Calcule a concentração molar de N O , N 2 e O 2 no equilíbrio a 1200 °C em um recipiente de reação de 10,00   L que inicialmente continha 0,0140   mol de N 2 e 0,214 mol de O 2 .

Ver solução completa

Dada a reação:

X 2 ( a q ) + 3 Y 2 ( a q ) ⇌ 2 X Y 3 ( a q )

Verificou-se no equilíbrio, a 1000°C, que as concentrações em mol/L eram: X 2 = 0,20 ,   Y 2 = 0,20 , X Y 3 = 0,60 . Determine o valor de K c .

Ver solução completa

Quando 1,00 g de I 2 gasoso é aquecido até 1000   K em um recipiente fechado de 1,00   L , a mistura em equilíbrio resultante contém 0,830 g de I 2 . Calcule K c para a reação de dissociação I 2 ( g ) ⇌ 2 I ( g ) .

Ver solução completa

Considere que em um recipiente a 425°C, os gases H I , H 2 e I 2 são misturados de forma que, após o equilíbrio químico ser atingido, as concentrações são iguais a H I = 3,53.1 0 - 3   m o l / L , H 2 = I 2 = 4,79.1 0 - 4   m o l / L . Pede-se:

a) O valor de K c ° nesta temperatura.

b) Se H 2 fosse adicionado de forma que a sua concentração inicial seja igual a 8,79.10 - 4   m o l . L - 1 , determine as novas composições no equilíbrio.

Ver solução completa

Considere o equilíbrio S O 2 ( g ) + N O 2 ( g ) ⇌ N O ( g ) + S O 3 ( g ) a uma temperatura T. No equilíbrio temos 0,2 mol/L de S O 3 , 0,4 mol/L de N O , 0,1 mol/L de N O 2 e 0,2 mol/L de S O 2 . Suponha que agora é acrescentado no recipiente mais 0,3 mol/L de N O 2 . Calcule as novas concentrações de equilíbrio para os reagentes e produtos.

Ver solução completa

Considerando que a reação abaixo é endotérica no sentido direto, prediga o sentido de deslocamento do equilíbrio caso:

C l 2 ( g ) + H 2 ( g ) ⇌ H C l ( g )

  1. A pressão seja aumentada
  2. A temperatura seja aumentada
  3. A concentração de H C l seja aumentada
  4. Um catalisador seja adicionado

Ver solução completa

Considere a seguinte reação em equilíbrio químico:

2 C l 2 ( g ) + 2 H 2 O ( g ) ⇄ 4 H C l ( g ) + O 2 ( g )

Sabe-se que K p ° = 0,0752 atm a 480°C. Pergunta-se:

a) Qual é o valor de K p ° para a reação 4 H C l ( g ) + O 2 ( g ) ⇄ 2 C l 2 ( g ) + 2 H 2 O ( g ) ?

b) E para a reação C l 2 ( g ) + H 2 O ( g ) ⇄ 2 H C l ( g ) + 1 2 O 2 ( g ) ?

c) Calcule K c ° para a reação do item b.

Ver solução completa

Na temperatura de 800   K , I 2 ( g ) encontra-se parcialmente dissociado, onde K c = 3,10 . 10 - 5 m o l / L para a reação I 2 ( g ) ⇌ 2 I ( g ) . Um recipiente de 10,00   L contém uma mistura em equilíbrio onde a massa de I é igual a 2,67.1 0 - 2 g de I ( g ) . Pede-se:

a) Determine a massa de I 2 nesta mistura.

b) Determine as massas em equilíbrio se a este mesmo recipiente, inicialmente vazio, nesta mesma temperatura, fosse adicionado 10,50 g de I 2 .

Ver solução completa

Conteúdos Complementares

Conceitos de Reações em Equilíbrio

Grau de Ionização