Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Determine as pilhas que correspondem a cada uma das reações seguintes, e calcule a f e m em cada caso:

a) Z n s + C u S O 4 a q → Z n S O 4 a q + C u s

b) 2   A g C l s + H 2 g → 2   H C l a q + 2   A g s

c) 2   H 2 g + O 2 g → 2   H 2 O l

Passo 1

Falaaaaaaaaaaaaaaaa Tribuxo?

Bora resolver mais uma questão!?

Vamos começar entendendo como funciona a representação de uma pilha.

A pilha é representada pelo: â n o d o | c á t o d o , então ela fica assim:

X X - Y - 1 Y

Para calcular a f e m de uma pilha podemos somar as semirreações de oxidação e redução:

E f e m o = E o x i d a o + E r e d u z o

a) Primeiro vamos escrever a reação:

Z n s + C u S O 4 a q → Z n S O 4 a q + C u s

Se prestarmos atenção, podemos ver que o zinco começa no estado sólido (onde temos que o nox é zero) e passa a estar no estado aquoso como Z n S O 4 (tendo o nox igual a 2 + ), como o nox está aumentando vemos que zinco está sofrendo oxidação. Podemos ver também que o cobre passa do estado aquoso como C u S O 4 (tendo o nox igual a 2 + ) para o cobre sólido (tendo o nox igual a zero), e temos que o nox do zinco está reduzindo.

Agora vamos pegar quem está oxidando e quem está reduzindo:

Z n → Z n 2 + + 2   e -

C u 2 + + 2 e - → C u

Agora consultando a Tabela 7.2, temos os seguintes potenciais:

Agora só somar tudo:

A nossa pilha será:

Z n s Z n S O 4 a q C u S O 4 a q C u s

Passo 2

b) Primeiro vamos escrever a reação:

2   A g C l s + H 2 g → 2   H C l a q + 2   A g s

Se prestarmos atenção, podemos ver que a prata começa como A g C l (onde temos que o nox é 1 + ) e passa a estar no estado sólido (tendo o nox igual a zero), temos que nox da prata está reduzindo. Podemos ver também que o hidrogênio passa do estado gasoso como H 2 (tendo o nox igual a zero) para H C l (tendo o nox igual a 1 - ), temos que nox do hidrogênio está aumentando, então o hidrogênio está oxidando.

Agora vamos pegar quem está oxidando e quem está reduzindo:

A g + + e - → A g

H 2 → 2   H + + 2   e -

Agora consultando a Tabela 7.2, temos os seguintes potenciais:

Agora só somar tudo:

A nossa pilha será:

P t H 2 g H + a q | A g C l s , A g s | P t

Passo 3

c) Primeiro vamos escrever a reação:

2   H 2 g + O 2 g → 2   H 2 O l

Se prestarmos atenção, podemos ver que o hidrogênio começa no estado gasoso H 2 (onde temos que o nox é zero) e passa a estar no estado líquido como H 2 O (tendo o nox igual a 1 + ), como o nox está aumentando vemos que hidrogênio está sofrendo oxidação. Podemos ver também que o oxigênio passa do estado gasoso como O 2 (tendo o nox igual a zero) para o estado líquido como H 2 O (tendo o nox igual a 2 - ), e temos que o nox do oxigênio está reduzindo.

Agora vamos pegar quem está oxidando e quem está reduzindo:

O 2 + 4   H + a q + 4   e - → 2   H 2 O l

4   H + + 4   e - → 2   H 2 g

Agora consultando a Tabela 7.2, temos os seguintes potenciais:

Agora só somar tudo:

A nossa pilha será:

P t H 2 g H + a q , H 2 O l | O 2 g | P t

Foi divertido!!!!

Bora matar mais uma!

Resposta

  1. Z n s Z n S O 4 a q C u S O 4 a q C u s
  2. E f e m o = + 0,54   V

  3. P t H 2 g H + a q | A g C l s , A g s | P t
  4. E f e m o = + 0,22   V

  5. P t H 2 g H + a q , H 2 O l | O 2 g | P t

E f e m o = + 1,23   V

Exercícios de Livros Relacionados

13.35- Determine as constantes de equilíbrio das seguintes reações: a)
114. A variação de entropia de uma reação de célula pode ser determina
Identifique, na lista a seguir, as reações em que K > 1 . Escreva,
O organismo funciona como se fosse uma célula a combustível que usa ox
O potencial de célula Zn(s)|Zn2+(aq,?)||Pb2+(aq, 0,10 mol.L-1)|Pb(s) é