Enunciado

Calcule as reações de apoio do pórtico simples mostrado.

Passo 1

Para resolvermos qualquer exercício de pórticos simples, precisamos seguir uma sequência de passos que irá nos ajudar na solução desse tipo de problema, e a sequência é a seguinte.

  • A primeira coisa que devemos fazer é o cálculo das reações de apoio, pois assim conseguiremos calcular qualquer nó sem que haja nenhum problema.
  • a segunda coisa é seguir a seguinte sequência de nós a serem resolvidos:

Nós com 2 barras

Nós com 3 barras

Nós com 4 barras

...

  • A terceira coisa que devemos fazer é calcular o valor dos momentos fletores, cortantes e normais em todos as barras que chegarem ou saírem de algum nó
  • O quarto e último passo consiste em desenhar os diagramas do pórtico quando esse for pedido.
  • Agora que já sabemos qual sequência de passos devemos seguir, vamos aplicar esse conhecimento ao nosso problema.

    Passo 2

    Como vimos, a primeira coisa que devemos fazer é determinar as reações de apoio, para isso, primeiro iremos trocar os apoios por vetores reações de apoio, como indica a figura abaixo.

    Agora que já temos os vetores e medidas, vamos fazer o equilíbrio de equações

  • ∑ F x = 0
  • H a - 6 - 2 .   2 = 0

    H a = 10   k N

  • ∑ F y = 0
  • V a - 10 - 4   .   2 2 = 0

    V a = 14   k N

  • ∑ M a = 0

M a - 5 - 10   .   3 - 2   .   2   .   7 - 6   .   8 - 4   . 2 2   . 1 3   .   2 = 0

M a = 113,7   k N . m

E assim resolvemos o nosso problema, vamos para o próximo.

Resposta

H a = 10   k N

V a = 14   k N

M a = 113,7   k N . m

Exercícios Relacionados