Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

(a) Determine o ponto de intersecção das retas tangentes à curva

r t = ( s e n   π t ,   2   s e n   π t , cos ⁡ π t )   nos pontos t = 0 e t = 0,5 .

(b) Ilustre traçando o gráfico da curva e ambas as tangentes.

Passo 1

A primeira coisa a se fazer é obter o obter o vetor posição r ( t ) nos pontos de tangência t = 0 e t = 1 / 2 . Para isso basta substituir os valores do parâmetro t na equação da curva.

r 0 = (   s e n   0 ,   2   s e n   0 , cos ⁡ 0 ) = ( 0,0 , 1 )  

r 1 / 2 = s e n π 2 ,   2   s e n π 2 , cos ⁡ π 2   = ( 1 ,   2 ,   0 )

Passo 2

O segundo passo é calcular a derivada de r ( t ) que representa a equação geral do vetor tangente a esse curva.

r ' t = ( π cos ⁡ π t , 2 π cos ⁡ π t ,   - π   s e n   π t )

Logo, nos pontos de tangência t = 0 e t = 1 / 2 , os vetores tangentes serão dados por

r ' 0 = (   π cos ⁡ 0 , 2 π cos ⁡ 0 ,   - π   s e n   0 ) = ( π ,   2 π ,   0 )

r ' 1 2 = π cos ⁡ π 2 , 2 π cos ⁡ π 2 ,   - π   s e n π 2 = ( 0 ,   0 ,   - π )

Passo 3

Agora que sabemos os pontos e os vetores de tangência é possível calcular as equações das retas tangentes à curva nos pontos dados.

A reta tangente em t = 0 é a reta que parte do vetor posição r ( 0 ) da curva e tem a direção do vetor tangente r ' ( 0 ) . Portanto, chamando essa reta de s ( u ) , temos:

s u = r 0 + u r ' 0 = 0,0 , 1 + u π ,   2 π ,   0 = ( π u ,   2 π u ,   1 )  

Já a reta tangente em t = 1 / 2 é a reta que parte do vetor posição r ( 1 / 2 ) da curva e tem a direção do vetor tangente r ' ( 1 / 2 ) . Portanto, chamando essa reta de w ( v ) , temos:

w v = r 1 / 2 + v r ' 1 2 = 1 , 2,0 + v 0 ,   0 ,   - π = ( 1 ,   2 ,   - π v )

As retas se interceptam quando s u = w ( v ) , ou seja:

π u ,   2 π u ,   1 = ( 1 ,   2 ,   - π v )

Logo, o ponto de intersecção da reta é ( 1 ,   2 ,   1 ) .

De fato, esse ponto é comum às duas retas é obtido em s ( 1 / π ) e w ( - 1 / π ) .

Resposta

P = ( 1 ,   2 ,   1 )

Exercícios de Livros Relacionados

Encontre as equações paramétricas para a reta tangente à curva dada pelas equações paramétricas, no ponto especificado. Ilustre traçando o gráfico da curva e da reta tangente em um...
Em que ponto as curvas r 1 t = ( t ,   1 - t ,   3 + t 2 ) e r 2 s = ( 3 - s ,   s - 2 ,   s 2 ) se interceptam? Encontre o ângulo entre elas no ponto de intersecção, com precisão ...
Encontre as equações paramétricas para a reta tangente à curva dada pelas equações paramétricas, no ponto especificado. Ilustre traçando o gráfico da curva e da reta tangente em um...
Use a Fórmula 11 para encontrar a curvatura. y = 2 x - x 2
Determine a curvatura de r t = ( e t cos ⁡ t ,   e t s e n   t ,   t ) no ponto (1, 0, 0)
Suponha que você comece no ponto (0, 0, 3) e se mova 5 unidades ao longo da curva x = 3 s e n t , y = 4 t , z = 3 cos ⁡ t na direção positiva. Onde você está agora?
Reparametrize a curva r t = 2 t 2 + 1 - 1 i + 2 t t 2 + 1 j Em relação ao comprimento do arco medido a partir do ponto (1, 0) na direção crescente de t . Expresse a reparametrizaçã...
Use a Fórmula 11 para encontrar a curvatura. y = cos ⁡ x
Utilize o Teorema 10 para encontrar a curvatura. r t = t 2 i + t k
Encontre uma equação vetorial e equações paramétricas para o segmento de reta que liga P e Q
Escreva o enunciado aqui.
Escreva o enunciado aqui.