Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

A velocidade terminal de um paraquedista é 160   k m / h na posição de águia e 310   k m / h na posição de mergulho de cabeça. Supondo que o coeficiente de arrasto C do paraquedista não muda de uma posição para outra, determine a razão entre a área da seção reta efetiva A na posição de menor velocidade e a área na posição de maior velocidade.

Passo 1

Para essa questão, devemos lembrar da seguinte fórmula:

v t = 2 F g C ρ A

Colocando a área em evidência:

A = 2 F g C ρ v t 2       e q . 1

No qual devemos perceber que a área é inversamente proporcional ao quadrado da velocidade.

Passo 2

Fazendo a relação entre as áreas usando a e q . 1 :

A m e n o r A m a i o r = 2 F g C ρ v t m e n o r 2 2 F g C ρ v t m a i o r 2 = v t m a i o r 2 v t m e n o r 2 = 310 2 160 2 = 3,75

Resposta

A m e n o r A m a i o r = 3,75

Exercícios de Livros Relacionados

Um piloto com massa de 50   k g sai de um mergulho vertical por u
Você e seus amigos empurram um porco engordurado de 75,0   k g pa
Considere o bloco da figura abaixo. Mostre que, em geral, os seguintes
O raio de curvatura da pista no topo de um loop em uma montanha russa
Uma moeda de 100   g está apoiada em uma mesa horizontal que roda
A corda de um pêndulo cônico tem 50,0   c m de comprimento e (na
Um pequeno objeto de massa m 1 se move por um caminho circular de raio
Suponha que a Eq. 6-14 forneça a força de arrasto a que estão sujeitos
Na Figura abaixo, m 1   =   4,0   k g , m 2   = &n
Uma barra rígida com uma bola de 0,050   k g em uma das suas extr
Membros de um clube de paraquedismo receberam os seguintes dados para
Uma bola de ping-pong tem uma massa de 2,3   g e uma rapidez term