Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Uma combinação em paralelo de dois capacitores idênticos de 2,00   μ F , de placas paralelas (sem dielétrico no espaço entre as placas) é conectada a uma bateria de 100   V . A bateria é, então, removida e a separação entre as placas de um dos capacitores é duplicada. Determine a carga na placa carregada positivamente de cada capacitor.

Passo 1

Falaaa galera, beleza?

Então, no início, a capacitância equivalente valia 2,00 + 2,00 = 4,00   μ F (já que os capacitores estavam conectados em paralelo). Assim, a carga total no sistema era

q = C e q V = 4,00 100 q = 400   μ C

Passo 2

Depois da bateria ser removida, o valor de uma das capacitâncias será metade do valor original (já que a distância entre as placas é duplicada). Sendo assim,

C ' = 1 2 2,00 = 1,00   μ F

A seguir, devemos ter para cada capacitor:

C q 1 = C ' q 2 2,00 q 1 = 1,00 q 2 q 2 = 2 q 1

Pela conservação da carga elétrica, segue que

q 1 + q 2 = 400 q 1 + 2 q 1 = 400 q 1 = 400 3   μ C ≈ 133   μ C

E

q 2 = 2 q 1 = 800 3 μ C ≈ 267   μ C

Resposta

133   μ C   e   267   μ C .

Exercícios de Livros Relacionados

Na figura, V = 9,0 V, C 2 = 3,0 μF, C 4 = 4,0 μF e todos os capacitore
Na figura, uma diferença de potencial V = 100,0 V é aplicada ao circui
Um átomo de U 238 tem massa de 3,97 × 10 - 22 g . Calcule a taxa de de
Um frasco de perfume é aberto por um breve intervalo de tempo, liberan
Para o circuito mostrado na Figura 24-37 determine A capacitância equi