Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

Na Fig. abaixo, dois capacitores de placas paralelas (com ar entre as placas) são ligados a uma bateria. A área das placas do capacitor 1 é 1,5   c m 2 e o campo elétrico entre as placas é 2000   V   / m . A área das placas do capacitor 2 é 0,70   c m 2 e o campo elétrico entre as placas é 1500   V / m . Qual é a carga total dos dois capacitores?

Passo 1

Aqui temos um problema bem de boa, vamos calcular a capacitância total do sistema usando:

q t o t a l = q 1 + q 2

Porém não temos as cargas q 1 e q 2 diretamente né, pra encontrar elas precisamos saber encontrar o campo elétrico em um capacitor de placas paralelas, que foi o que a questão nos forneceu.

Pela Lei de Gauss, o campo elétrico gerado por uma placa plana vai ser:

∫ E → . d A → = q i n t ϵ 0

E 2 A = q ϵ 0

E p l a c a = q 2 A ϵ 0

Onde A é a área da placa e Q é a carga da placa. No entanto, o capacitor é composto de duas placas, portanto o campo entre as placas será o dobro (vai ser a soma do campo gerado por uma placa com o campo gerado pela outra).

E = 2 E p l a c a = q A ϵ 0

E como queremos saber a carga, é só coloca-la em evidência:

q = ϵ 0 E A

Passo 2

Para encontrarmos a carga total, só precisamos somar as cargas de cada capacitor:

q t o t a l = q 1 + q 2

E como vimos, podemos relacionar a carga com o campo elétrico e a área ( q = ϵ 0 E A )

q t o t a l = ϵ 0 E 1 A 1 +   ϵ 0 E 2 A 2

q t o t a l = ϵ 0 ( E 1 A 1 + E 2 A 2 )

Substituindo os valores E 1 = 2000 V / m , A 1 = 1,5 × 10 - 4 m 2 , E 2 = 1500 V / m e A 2 = 0,7 × 10 - 4 m ² temos:

q t o t a l = 8,85 × 10 - 12 2000 × 1,5 × 10 - 4 + 0,7 × 10 - 4 × 1500 = 3,6   p C   .

Resposta

q t o t a l = 3,6   p C   .

Exercícios de Livros Relacionados

A figura mostra quatro capacitores, cujo dielétrico é o ar, ligados em um circuito que faz parte de um circuito maior. O gráfico abaixo do circuito mostra o potencial elétrico V(x)...
Os capacitares da Fig. Abaixo estão inicialmente descarregados. As capacitâncias são C 1   =   4,0   μ F , C 2   =   8,0   μ F e C 3   =   12   μ F e a diferença do potencial da ba...
Na figura, V = 9,0 V, C 2 = 3,0 μF, C 4 = 4,0 μF e todos os capacitores estão inicialmente descarregados. Quando a chave S é fechada, uma carga total de 12 μC passa pelo ponto a e ...
Na figura, uma diferença de potencial V = 100,0 V é aplicada ao circuito e os valores das capacitâncias são C 1 = 10,0 μF, C 2   = 5,00 μF e C 3 = 4,00 μF. Se o capacitor 3 sofre u...
Uma combinação em paralelo de dois capacitores idênticos de 2,00   μ F , de placas paralelas (sem dielétrico no espaço entre as placas) é conectada a uma bateria de 100   V . A bat...
Um átomo de U 238 tem massa de 3,97 × 10 - 22 g . Calcule a taxa de decaimento radioativo de uma amostra de um grama daquele isótopo, cuja vida média é 6,45 × 10 9 anos.
Um frasco de perfume é aberto por um breve intervalo de tempo, liberando N moléculas no ar. Um minuto após serem liberadas, as moléculas de perfume apresentam uma dispersão dada po...
Três capacitores estão conectados em um triângulo, como mostra a Figura 24-35. Determine uma expressão para a capacitância equivalente entre os pontos a e c em termos dos três valo...
Para o circuito mostrado na Figura 24-36...Os capacitores foram todos descarregados antes de serem conectados à fonte de tensão. Determine (a) a capacitância equivalente da combina...
Para o circuito mostrado na Figura 24-37 determine A capacitância equivalente entre os terminais.A carga armazenada na placa carregada positivamente de cada capacitor.A tensão em c...
Dois capacitores com placas paralelas no vácuo possuem áreas iguais, e as distâncias entre as placas são d 1 e d 2 . Mostre que, quando esses capacitores são ligados em série, a ca...
Considere bolas de sinuca de raio R , dispersadas de forma aleatória sobre a mesa, com densidade (bolas por unidade de área) σ . Mostre que o livre percurso médio de uma bola adici...