Exercícios Resolvidos de Hidrólise de Sais

Ver Teoria

Enunciado

Calcule o pH em uma solução de N a C N   1,0   m o l . L - 1 .

Dado: K a = 4,00 . 10 - 10

Passo 1

Como o N a O H é uma base forte e o H C N não é forte, teremos uma hidrólise de ânion, dada pelo seguinte equilíbrio:

C N - + H 2 O ⇌ H C N + O H -

Temos que:

K h = H C N [ O H - ] [ C N - ]

Sabemos, ainda que:

H C N ⇌ C N - + H +

K a = C N - [ H + ] [ H C N ] = 4,00 . 10 - 10

E:

K w = H + O H - = 1,00 . 10 - 14

Com as fórmulas do K a e K w podemos “montar” a fórmula do K h , tal que:

K h = K w K a = 1,00 . 10 - 14 4,00 . 10 - 10 = 2,5 . 10 - 5

Passo 2

Agora que conhecemos o valor de K h , podemos calcular a concentração de O H - no equilíbrio.

K h = H C N [ O H - ] [ C N - ] = 2,5 . 10 - 5

Dado o equilíbrio:

Temos:

K h = H C N [ O H - ] [ C N - ] = x . x 1,0 - x = 2,5 . 10 - 5

Passo 3

Hora de fazer conta:

2,5 . 10 - 5 - 2,5 . 10 - 5 x = x 2

x 2 + 2,5 . 10 - 5 x - 2,5 . 10 - 5 = 0

x = - 2,5 . 10 - 5 ± 2,5 . 10 - 5 2 - 4.1 . - 2,5 . 10 - 5 2 = - 2,5 . 10 - 5 ± 0,01 2

x ' = 5 . 10 - 3             x " < 0

Portanto:

O H - = x = 5 . 10 - 3   m o l . L - 1

Passo 4

Ainda precisamos passar nossa resposta para pH.

p O H = - log ⁡ O H - = - log ⁡ 5 . 10 - 3 = 2,3

p H = 14,0 - p O H = 14,0 - 2,3 = 11,7

Resposta

pH = 11,7

Exercícios de Livros Relacionados

105. Sais solúveis não tóxicos como Fe2(SO4)3 são frequentemente usado
Mostre que, se a força iônica de uma solução do sal moderadamente solú
Em condições-padrões bioquímicas, a respiração aeróbica produz aproxim
7.29 Para ter uma ideia do efeito das condições celulares na capacidad