Enunciado

Ver Outros Exercícios
desse livro

(a) Em um circuito R L C , a amplitude da tensão entre os terminais do indutor pode ser maior que a força eletromotriz do gerador? (b) Considere um circuito R L C com ε = 10   V , R = 10   Ω , L = 1,0   H e C = 1,0   μ F . Determine a amplitude da tensão entre os terminais do indutor na frequência de ressonância.

Passo 1

No item (a) é pergunta se a amplitude da tensão entre os terminais do indutor pode ser maior que a força eletromotriz do gerador. A fem do gerador tem amplitude ε , enquanto a amplitude da tensão no indutor é

ε L = χ L I = ε ⋅ χ L Z

Para que ε L > ε , devemos ter

χ L Z > 1 ⇒ χ L > Z

Lembre-se que

Z = R 2 + χ L - χ C 2

Note que, se χ L = χ C e χ L > R , temos que

Z = R 2 + 0 = R < χ L

Portanto, é possível sim que ε L > ε !

Passo 2

No item (b) devemos calcular ε L se o circuito oscilar na frequência de ressonância. Neste caso,

χ L = χ C

Assim, a impedância é dada por

Z = R

Portanto, a corrente será

I = ε Z = ε R

Passo 3

A amplitude da tensão no indutor será

ε L = χ L I = χ L ε R

Precisamos então achar χ L . Como estamos em ressonância:

ω L = 1 ω C ⇒ ω = 1 L C

Assim,

χ L = ω L = L L C = L C

Usando L = 1,0   H e C = 1,0 ⋅ 10 - 6   F , temos

χ L = 1000   Ω

Assim,

ε L = 1000   Ω ⋅ 10   V 10   Ω

Portanto,

ε L = 1000   V

Note que ela é 100 vezes maior que a amplitude da fem do gerador.

Resposta

Sim

ε L = 1000   V

Exercícios de Livros Relacionados

Na Fig. 31-32, um gerador de frequência ajustável é ligado a um circui
Um circuito RLC série possui uma frequência de ressonância de 6,00 &nb
Uma fonte alternada de frequência variável f d é ligada em série com u
Um circuito R L C como o da Fig. 31-7 tem R = 5,00   Ω , C = 20,0
Na Fig. 31-7, faça R = 200   Ω , C = 70,0   μ F , L = 230 &n