Fórmula do coeficiente de dilatação linear

Resumo

Fala aí, nós somos o Responde Aí, e nossa missão é ajudar você a mandar bem na sua prova.

Os materiais sólidos quando submetidos ao aquecimento térmico tendem a aumentar seu volume. Quando esse aumento de volume se dá pela expansão de apenas uma dimensão do sólido chamamos esse fenômeno de dilatação linear. Essa dilatação depende do coeficiente de dilatação linear, que tem a fórmula a seguir:

Entendendo melhor cada item da fórmula do coeficiente de dilatação linear:

  • α L é o nosso coeficiente de dilatação linear;
  • I i é o comprimento inicial do sólido, anteriormente à dilatação;
  • I f é o comprimento final do sólido, após a dilatação;
  • T i é a temperatura inicial do sólido;
  • T f é a temperatura final do sólido.

Uma informação super importante: O coeficiente de dilatação linear é expresso em T - 1 , ou seja, unidade de temperatura, ° C ou K , elevado à - 1 , show de bola?

Para que serve?

Cada material possuiu seu coeficiente de dilatação linear específico e esse coeficiente indica a tendência do material em aumentar seu volume quando é submetido ao aumento de temperatura, quanto maior o coeficiente de dilatação linear, maior a tendência do material em aumentar o volume, beleza? Bora ver um exemplo pra deixar tudo bem claro!

Um material sólido inicialmente à 309 K , tem 50 c m de comprimento. Após a temperatura aumentar para 400 K , o material passou a apresentar comprimento de 58 c m . Qual o coeficiente de dilatação linear desse sólido?

Temos que aplicar a fórmula:

Conteúdos Complementares