Exercícios Resolvidos de Teoria da Confiabilidade

Elaboração Própria

Suponha um sistema composto por 4 elementos. O elemento 1 e o elemento 4 são indispensáveis para o fucionamento do sistema. O elemento 2 pode falhar sem impedir o funcionamento do sistema, idem para o elemento 3. Mas os elementos 2 e 3 não podem parar de funcionar ao mesmo tempo. Qual a confiabilidade do sistema? Assuma todas as confiabilidades como p .

Passo 1

Vamos pensar no que foi falado. Elemento 1 e 4 são indispensáveis para o funcionamento, ou seja, são as estruturas sem paralelos. Já os elementos 2 e 3 podem falhar separadamente mas nunca ao mesmo tempo, então são elementos em paralelo. Desenhando temos algo assim:

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

Vamos calcular primeiro a confiabilidade do Box em paralelo, ou seja, elementos 2 e 3:

P 23 F = p + p - p × p = 2 p - p ²

Passo 3

Agora podemos colocar o elemento 1, o resultante do Box e o elemento 4 em série e teremos:

P 1234 F = p × 2 p - p 2 × p = 2 p ³ - p 4

Resposta

2 p ³ - p 4

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas