Responde Aí

Enunciado

Ache a solução da equação diferencial que satisfaça a condição dada.

x 2 + 1 d y d x + 2 x y = x 2 ; y = 0   q u a n d o   x = - 1

Passo 1

Verificamos se a equação diferencial é de primeira ordem em y   colocando-a na forma

d y d x + P x y = Q ( x )

Dividimos então a equação por x 2 + 1 :

d y d x + 2 x x 2 + 1 y = x 2 1 + x 2

Agora a equação está do jeito que queríamos, com P x = 2 x x 2 + 1 e Q x = x 2 1 + x 2 .

Passo 2

Como d x 2 + 1 d x = 2 x , temos:

x 2 + 1 d y d x + 2 x y = x 2 ⇒ x 2 + 1 d y d x + d x 2 + 1 d x y = x 2 ⇒ d x 2 + 1 y d x = x 2

Agora integrando:

∫ d ( x 2 + 1 y ) = ∫ x 2 d x ⇒ x 2 + 1 y = x 3 3 + C ⇒ y = x 3 + C ' 3 x 2 + 1

Passo 3

Pelo enunciado, y - 1 = 0 . Então:

0 = - 1 3 + C ' 3 - 1 2 + 1 = C ' - 1 6 ⇒ C ' = 1

⇒ y = x 3 + 1 3 x 2 + 1

Resposta

y = x 3 + 1 3 x 2 + 1

Ver Outros Exercícios desse livro

Exercícios de Livros Relacionados

Os psicólogos interessados em teoria do aprendizado estudam
Use um sistema de computação algébrica para desenhar um camp
Use um sistema de computação algébrica para desenhar um camp
Use o campo de direções I para esboçoar os gráficos das solu
Nos Exercícios 5 e 6, copie os campos de direção e esboce al