EDO de primeira ordem

Resumo

Fala aí, galera bonita, nós somos o Responde Aí e estamos aqui hoje para introduzir um assunto hiper mega importantíssimo para o cálculo: EDO de primeira ordem.

Primeiro de tudo, precisamos entender o que significa essa sigla EDO hahaha. EDO é o mesmo que Equação Diferencial Ordinária. Utilizamos essa sigla para ficar mais fácil porque imagina falar esse palavrão aí toda hora kkkk.

Agora, vamos entender de fato o que é uma EDO.

Vamos por partes:

1. Uma equação diferencial é aquela que envolve derivadas, como essas daqui:

$$\frac{dy}{dx}=x$$
$$\frac{d^2y}{dx^2}-5\frac{dy}{dx}+6y=0$$

2. Uma equação diferencial é dita ordinária quando ela envolve apenas derivadas com relação a uma única variável.

Aqueles dois exemplos que mostramos ali no item 1 são exemplos de equação diferenciais ordinárias, pois ambas envolvem a derivada apenas em relação a variável $x$.

Agora, olha essa equação diferencial aqui:

$$\frac{dy}{dx}+\frac{dy}{dz}=0$$

Essa é diferente das outras, ela envolve derivada em relação a $x$ e em relação a $y$, portanto ela NÃO É uma equação diferencial ordinária.

3.

Raio-X

Livros Resolvidos

  • Cálculo Volume 2 - James Stewart
  • Cálculo com Geometria Analítica Volume 1 - Louis Leithold
  • Cálculo -  Maurice D. Weir e Joel Hass (George B. Thomas)
  • Um curso de Cálculo Volume 1 - Hamilton Luiz Guidorizzi
  • Um curso de Cálculo Volume 2 - Hamilton Luiz Guidorizzi
  • Cálculo Volume 1 - James Stewart