1.

A velocidade angular do disco é definida por ω = 5 t 2 + 2   r a d / s , onde t é dado em segundos. Determine os módulos da a) velocidade e b) aceleração do ponto A do disco quando t = 0.5   s .

Resolução
2.

Um moinho usa um arranjo de polias e correias para transmissão de potência. Quando t = 0 , um motor elétrico está girando a polia A com velocidade angular ω A = 5   r a d / s . Se a polia está sujeita a uma aceleração angular de 2   r a d / s 2 , determine a velocidade angular da polia B após esta ter executado 6 revoluções. O cubo em D está rigidamente conectado à polia C , girando com ela.

Resolução
3.

A placa O A B forma um triângulo equilátero que gira no sentido anti-horário com velocidade crescente em torno do ponto O . Se as componentes normal e tangencial da aceleração do centróide C em um determinado instante são 80   m / s 2 e 30   m / s 2 , respectivamente, determine os valores de a ) θ ˙ e b )   θ ¨ nesse mesmo instante. O ângulo θ é o ângulo entre a linha A B e o eixo horizontal fixo.

Resolução
4.

O disco circular gira em torno de seu centro O . Em um determinado instante o ponto A possui uma velocidade v A = 0,8   m / s na direção mostrada, e no mesmo instante a tangente do ângulo θ dado pelo vetor aceleração total de um ponto qualquer B com sua linha radial até O é de 0,6. Calcule para esse instante a aceleração angular α do disco.

Resolução
5.

O volante possui um diâmetro de 600   m m e gira com uma velocidade cada vez maior em torno de sua árvore no eixo z . Quando o ponto P sobre a borda cruza o eixo y com θ = 90 ° , possui uma aceleração dada por a =   - 1,8 i ^ - 4,8 j ^   m / s 2 . Para esse instante, determine a ) a velocidade angular ω e b ) a aceleração angular α do volante.

Resolução
6.

Partindo do repouso quando s = 0 , a polia A tem aceleração α = ( 6 θ ) r a d / s 2 , onde θ é dado em radianos. Determine a velocidade do bloco B quando ele atinge a posiç��o s = 6   m . A polia tem um cubo interno D que está fixo em C e gira com ela.

Resolução
7.

Um motor gira uma engranagem A com aceleração α A = 0,25 θ 3 + 0,5   r a d / s 2 , onde θ é dado em radianos. Se A tem velocidade angular inicial ( ω A ) 0 = 20   r a d / s , determine a velocidade angular da engrenagem B após A ter sofrido um deslocamento angular de 10   r e v .

Dados: r A = 0,05   m e r B = 0,15   m .

Resolução

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas