Exercícios Resolvidos de Obtenção dos Pontos Críticos

Dennis Zill, Equações diferenciais volume II, 11ª ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil Ltda., 2006, pp157-3

Escreva a equação diferencial não-linear de segunda ordem como um sistema autônomo plano. Ache todos os pontos críticos do sistema resultante.

x ' ' + x ' 1 - x 3 - x 2 = 0

Passo 1

Para escrever como um sistema autônomo plano temos primeiro que criar uma variável y . De forma que.

x ' = y

Como x ' ' = y ' , o sistema ficará no seguinte formato.

x ' = y y ' = x 2 - y 1 - x 3

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

Para acharmos os pontos críticos temos que igualar x ' e y ' a zero. Sendo assim.

0 = y 0 = x 2 - y 1 - x 3

De cara a gente já vê que a coordenada y do nosso ponto crítico é zero. Vamos analisar a segunda equação com y = 0 .

0 = x 2 - 0 × ( 1 - x 3 )

Logo x = 0 e o ponto crítico será ( 0,0 ) .

Resposta

( 0,0 )

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas