Exercícios Resolvidos de Regra da Cadeia de Funções Vetoriais

PUC-RJ, Cálculo 3, P1 2013.2, questão 1.

Sejam p , v R n , f : R n R uma função de classe C 1 e α : R R n a curva parametrizada definida por α t = p + t . v

  1. Calcule a matriz jacobiana de f e de α
  2. Calcule a derivada de h f α no ponto t
  3. Repita os itens anteriores para n = 2 , p = 1,0 , v = - 1,0 e f x , y = x 2 - y 2 x

Passo 1

a )

Ele quer essa conta no genérico mesmo. Vamos calcular o jacobiano de cada um e depois fazemos as substituições necessárias. Primeiro para f

Repara que f é uma função com n parâmetros, vamos chamá-los de x 1 , x 2 e por ai vai até x n . Além disso ele só tem 1 função componente que vai ser f 1 . Como fica seu jacobiano?

J f = f 1 x 1 f 1 x 2 f 1 x n

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

Vamos agora ao jacobiano de g .

Repara que α é uma função com 1 parâmetros, vamos chamá-lo de t . Além disso ele tem n função componente vamos chamá-los de α 1 , α 2 e por ai vai até α n . Cada uma dessas funções depende de cada componente de p e v então vamos ter

α 1 = p 1 + v 1 t

α 2 = p 2 + v 2 t

α 3 = p 3 + v 3 t

α n = p n + v n t

Como fica seu jacobiano?

J α = α 1 t α 2 t α n t = v 1 v 2 v n

Lembrando que

Passo 3

O grande detalhe é escrever tudo em função de t , então devemos ter o jacobiano de f em função de t também.

Para fazermos isso devemos achar o valor de x 1 , x 2 e por ai vai até x n em função de t , vamos ter que aplicar α t

α t = p 1 + v 1 t p 2 + v 2 t p n + v n t

Então

x 1 = α 1 t = p 1 + v 1 t

x 2 = α 2 t = p 2 + v 2 t

E por ai vai

Vamos representar isso tudo só como α t

O jacobiano vai ficar

J f = f 1 x 1 α t f 1 x 2 α t f 1 x n α t

Passo 4

b )

O jacobiano da função composta vai ser

J f g t = f 1 x 1 α t f 1 x 2 α t f 1 x n α t v 1 v 2 v n

J f g t = f 1 x 1 α t v 1 + f 1 x 2 α t v 2 + + f 1 x n α t v n

Passo 5

c )

Aqui vamos ter n = 2 isso faz com que o jacobiano fique

J f g t = f 1 x 1 α t v 1 + f 1 x 2 α t v 2

Ele disse que

p = 1,0 ,   v = - 1,0

Então

p 1 = 1 ,   p 2 = 0 ,   v 1 = - 1 ,   v 2 = 0

Podemos agora achar α t

α t = α 1 t α 2 t = p 1 + t v 1 p 2 + t v 2

α t = 1 - t 0

O jacobiano agora ficou

J f g t = f 1 x 1 1 - t 0 . - 1 + f 1 x 2 1 - t 0 . 0

Vamos ver agora a função f

f x , y = x 2 - y 2 x

Aqui vamos ter x 1 = x e x 2 = y , além disso f 1 = x 2 - y 2 x

Vamos ter

f 1 x 1 = f 1 x = 2 x - y 2

f 1 x 2 = f 1 y = - 2 x y

Sabemos os valores de x e y pela aplicação α t

x = 1 - t

y = 0

Então vamos ter

f 1 x 1 - t 0 = 2 1 - t

f 1 y 1 - t 0 = 0

O jacobiano vai ficar

J f g t = 2 1 - t . - 1 = 2 t - 2

Resposta

  1. J α = v 1 v 2 v n
  2. J f = f 1 x 1 α t f 1 x 2 α t f 1 x n α t

  3. J f g t = f 1 x 1 α t v 1 + f 1 x 2 α t v 2 + + f 1 x n α t v n
  4. J f g t = 2 1 - t . - 1 = 2 t - 2

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas