Exercícios Resolvidos de Medidas de Centralidade e Dispersão para V.A. Discreta

Variável Aleatória Discreta

Em um pequeno restaurante gourmet existem 4 mesas para os seus clientes. Com base no que se vem observando, a gerência sabe que, todos os dias, as 4 mesas serão reservadas e que a chance de comparecimento de alguém que tenha reservado uma mesa é sempre igual a uma mesma constante p . O comparecimento de qualquer cliente é independente do comparecimento dos demais. A distribuição acumulada de X , número de clientes com reserva que comparecem, é:

  1. Ache a função de probabilidade de X , E X e V a r X .

Passo 1

(a)

Pra montar a função de probabilidade de X a gente vai precisar dos possíveis valores de X e das probabilidades de cada um.

Lembrando que:

X → n º   d e   c l i e n t e s   c o m   r e s e r v a s   q u e   c o m p a r e c e m

Primeiro, quais os possíveis valores que X pode assumir? 0,1 , 2,3 , 4 , certo? Podem comparecer ninguém, um, dois, três ou todos os clientes que reservam as mesas (lembrando que só tem 4 mesas pra reserva).

Agora faltam as probabilidades de X assumir cada um desses valores.

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

A tabela que a gente tem nos dá a função acumulada de X .

Uma função acumulada é aquela que em cada valor possível da variável que ela simboliza, acumula o valor da probabilidade da variável assumir aquele valor. Ficou confuso, né? Calma.

É aquele gráfico em degrau lembra? Então tipo, quando chega em 0 , X acumula o valor de P X = 0 que é a prob. de X assumir o resultado 0 (ou seja, de ninguém comparecer).

Com isso, pela tabela a gente já sabe que:

P X = 0 = 0,0016

Aí chega em 1 , e X acumula P X = 1 .

P X = 1 = 0,0272 - 0,0016

P X = 1 = 0,0256

E por aí vai, sempre descontando o que já tinha sido acumulado antes, vamos conseguir todas as probabilidades que precisamos.

P X = 2 = 0,1808 - 0,0272

P X = 2 = 0,1536

P X = 3 = 0,5904 - 0,1808 = 0,4096

P X = 4 = 1 - 0,5904 = 0,4096

Passo 3

Assim a gente tem a função de probabilidade de X .

Todos os possíveis resultados:

0,1 , 2,3 , 4

E suas respectivas probabilidades:

0,0016 ;   0,0256 ;   0,1536 ;   0,4096 ;   0,4096

Passo 4

Agora que a gente tem a função de probabilidade, a gente pode calcular a esperança e a variância.

E X = ∑ x i . p x i

= 0 × 0,0016 + 1 × 0,0256 + 2 × 0,1536 + 3 × 0,4096 + 4 × 0,4096

E X = 3,2

V a r X = ∑ x i 2 . p x i - E X 2

= 0 2 × 0,0016 + 1 2 × 0,0256 + 2 2 × 0,1536 + 3 2 × 0,4096 + 4 2 × 0,4096 - 3,2 2

V a r X = 0,64

Resposta

b   E X = 3,2   ,   V a r X = 0,64

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas