1.

Uma Câmara de Poeira ( B = 2,5   m , H = 0,8   m , L = 3,0   m ) trata 3600   m 3 / h de um efluente gasoso industrial contendo partículas ( S G s = 2   ) em suspensão. Considere que as propriedades físicas do gás sejam ( ρ = 1 k g m 3 e μ = 2   .   10 - 5   k g m   s   ).

Pede-se o diâmetro mínimo da partícula considerando a interação sólido fluido de Stokes e a fração acumulada mínima dado que a distribuição de tamanho de partícula é do tipo GGS ( m = 2 e D 100 = 1 . 10 - 4   m ).

Resolução
2.

Determine as dimensões de uma câmara de poeira de teto quadrado   ( B = L ) , para separação de partículas de 100 micra com eficiência de 100%, sendo a vazão de gás igual a 9   m 3 / s . A densidade do gás é de 0,9   k g / m 3 e a viscosidade do ar é de 2,18 . 10 - 5   P a . s . A densidade do sólido é igual a 2100   k g / m 3 . A velocidade do fluido na câmara de poeira deve ser de 0,6   m / s . Por simplicidade, adote Stokes!

Resolução
3.

Calcule a eficiência total de uma câmara de poeira sabendo que a eficiência de separação de uma partícula de 150   µ m   na câmara de poeira é igual a 9 0 % .

A distribuição das partículas pode ser aproximada por:

y = d 300 0,8   c o m   d   e m   µ m .

Resolução
4.

O separador de poeiras opera em 3 compartimentos, como mostra o esquema abaixo representado. Estimar a faixa granulométrica das partículas retidas com eficiência granulométrica igual a 100 % em cada compartimento, sabendo-se que a vazão de gás (ar a 20 ℃   e   1   a t m ) é 140   m 3 / m i n , a densidade das partículas é 3   g / c m 3 e a sua esfericidade é 0,75 .

Resolução
5.

Uma Câmara de Poeira ( B = 1,5   m , H = 0,6   m , L = 3,5 m ), fabricada com chapas de aço, trata 8400   m 3 / h de um efluente gasoso industrial contendo partículas ( S G s = 2,65 ) em suspensão. A Distribuição de Tamanho das partículas segue o modelo RRB ( D 63,2 = 120 μ m e n = 2,3 ). Em razão de graves problemas de corrosão das chapas na região próxima à saída da câmara, sugere-se reduzir seu comprimento para 2,5 m. Supondo-se inalteradas as demais variáveis envolvidas, e supondo-se ainda que as propriedades físicas do gás em questão sejam idênticas às do ar a 120 ° C e 1   a t m e que as dez restrições da Lei de Stokes sejam respeitadas, pede-se:

  1. Calcule a diminuição percentual da eficiência global de coleta da câmara, caso a modificação seja implementada.
Resolução
6.

Uma Câmara de Poeira ( H = 1   m ) precisa ser projetada para tratar 7200   m 3 / h de um efluente gasoso industrial contendo partículas ( S G s = 3   ) em suspensão. Considere que as propriedades físicas do gás sejam ( ρ = 1,2 k g m 3 e μ = 2   x   10 - 5   k g m   s   ).

Pede-se para calcular as demais dimensões da câmara de poeira considerando teto quadrado e que o diâmetro mínimo coletado com eficiência de 100% seja 10   μ m .

Resolução

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas