Exercícios Resolvidos de Amperímetro e Voltímetro

Passo 1

O amperímetro tem uma resistência interna em série com ele. Vamos chamar essa resistência de r . Alguns livros chama essa resistência de shuntz.

A gente liga a resistência R em paralelo com esse amperímetro e queremos o seguinte: quando a corrente máxima de 50   m A é atingida no sistema total, o amperímetro puxa apenas 500   μ A após a divisão da corrente.

Bom, a D D P na resistência R é igual à D D P na resistência r , interna ao amperímetro. Começamos então com o seguinte:

R . I R = r . I r

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

Além disso, sabemos que a soma das duas correntes é igual a 50   m A :

I R + I r = 50   m A

Passo 3

Quando essa corrente total máxima é atingida, I r = 50   μ A . Sobra para o resistor R uma corrente igual a:

I R = 50   m A - 50   μ A = 49,95   m A

Passo 4

Logo, substituindo no passo 1 :

R . 49,95   m A = 50 Ω . 50   μ A = 50 . 0,05   m A → R = 50.0,05 49,95 = 50,05   m Ω

É uma resistência pequeninha, que vai, por isso, puxar bastante corrente (afinal, a corrente se divide e tende a ir sempre pro lado com menor resistência, com o lado onde é “mais fácil” de passar, com menos “resistências” no caminho).

Passo 5

A resistência efetiva e resultante é igual à resistência em paralelo entre os dois valores:

R E Q = r . R r + R = 50 . 50,05.10 - 3 50 + 50,05.10 - 3 = 0,04999   Ω = 49,99   μ Ω

Resposta

  1. 50,05   m Ω
  2. 49,99   m Ω

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas