Exercícios Resolvidos de Limite Fundamental Trigonométrico para Funções de Várias Variáveis

UFF, Cálculo IIB, Lista 1, exercício 12

Calcule l , o limite, quando existir. Caso contrário, justifique.

lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x + y

Passo 1

A primeira coisa a fazer é substituir os valores de x e y

lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x + y = sen 0 - 0 0 + 0 = sen 0 0 = 0 0

Caímos numa indeterminação, mas repare antes da indeterminação temos algo parecido com o limite fundamental trigonométrico.

lim x 0 sen x x = 1

Podemos transformar, fazendo um algebrismo, esse limite. Vamos multiplicar por x - y

lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x + y = lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x + y . x - y x - y = lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x 2 - y 2 . x - y

Para considerarmos o limite fundamental a parte dentro do seno deve ser a parte embaixo do seno.

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

Com esse algebrismo foi isso que fizemos então usando as propriedades de limites

lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x 2 - y 2 . x - y = lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x 2 - y 2 . lim x , y 0,0 x - y

Como

lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x 2 - y 2 = 1

lim x , y 0,0 x - y = 0

Então

lim x , y 0,0 sen x 2 - y 2 x 2 - y 2 . lim x , y 0,0 x - y = 1.0 = 0

Resposta

0

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas