Exercícios Resolvidos de Filtros Polarizadores

Young e Freedman, Física IV Ótica e Física Moderna, 12ª ed, São Paulo: Addison Wesley, 2009, pp 30-33.29

Um feixe de luz polarizada passa por um filtro polarizador.

Quando o ângulo entre o eixo de polarização do filtro e a direção de polarização da luz é θ , a intensidade do feixe emergente é I .

Se agora você deseja que a intensidade seja I / 2 , qual deve ser o ângulo (em termos de θ ) entre o eixo de polarização do filtro e a direção original da polarização da luz?

Passo 1

O problema nos diz que quando o ângulo entre o eixo de polarização do filtro e a direção de polarização da luz é θ , a intensidade do feixe emergente é I .

Logo, sendo I 0 a intensidade da luz antes de passar pelo polarizador, temos que:

I = I 0 cos 2 ⁡ θ

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

Queremos descobrir o valor do ângulo α entre o eixo de polarização do filtro e a direção original da polarização da luz para que

I 0 cos 2 ⁡ α = I 2

Vamos começar substituindo I por I 0 cos 2 ⁡ θ .

I 0 cos 2 ⁡ α = I 0 cos 2 ⁡ θ 2

cos 2 ⁡ α = cos 2 ⁡ θ 2

cos ⁡ α = cos ⁡ θ 2

α = cos - 1 ⁡ cos ⁡ θ 2

Resposta

α = cos - 1 ⁡ cos ⁡ θ 2

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas