Exercícios Resolvidos de Propriedades do Produto Interno

Alfredo Steinbruch e Paulo Winterle, Álgebra Linear, 2ª ed., São Paulo, Pearson, 1987, pp. 143. – 10

Provar que se u e v são vetores de um espaço vetorial euclidiano, então:

a   u v implica u + v 2 = u 2 + v 2

b   u + v u - v implica u = v

Passo 1

a Primeiro vamos tirar o problema de norma e trazer pra produto interno, Sabemos que:

v 2 = v , v

Logo temos que provar que

u + v , u + v = u , u + v , v

Desenvolvendo o lado esquerdo usando a linearidade do produto interno:

u + v , u + v = u , u + u , v + v , u + v , v

Como u v , então u , v = v , u = 0 , logo a equação acima se reduz a:

u + v , u + v = u , u + v , v

E está provado.

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

-

b Como v 2 = v , v , temos que:

u = v u , u = v , v u , u = v , v

E como u + v u - v ,

u + v , u - v = 0

Portanto, precisamos provar que:

u + v , u - v = 0 u , u = v , v

Desenvolvendo o lado esquerdo da implicação e usando da linearidade do produto interno:

u + v , u - v = u , u + v , u - u , v - v , v = 0

Além disso, pela simetria do produto interno u , v = v , u , a igualdade se reduz à:

u , u - v , v = 0 u , u = v , v

E está provado ;)

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas