Exercícios Resolvidos de Propriedades do Produto Interno

Ver Teoria

Enunciado

Sejam u → e v → vetores unitários do R n .

I   -   2 u → - v → é necessariamente menor do que 2 u → + v →

I I   - Se u → e v →   são ortogonais, então 2 u → - v → = 2 u → + v →

(a) Ambas são falsas

(b) Ambas são verdadeiras

(c) I é falsa e I I é verdadeira

(d) I é verdadeira e   I I é falsa

Passo 1

Queremos, primeiramente, saber se 2 u → - v → é sempre menor que 2 u → + v → . Vamos usar que w = w , w :

2 u → - v → 2 = 2 u → - v → , 2 u → - v →

Pela linearidade do produto interno, posso desmembrar isso aí:

2 u → - v → , 2 u → - v → = 4 u → , u → - 2 u → , v → - 2 u → , v → + v → , v →

Como no enunciado ele fala que os vetores são unitários, u → , u → = 1 e v → , v → = 1 .

2 u → - v → 2 = 5 - 4 u → , v →

Agora vamos fazer o mesmo para   2 u → + v → :

2 u → + v → 2 = 2 u → + v → , 2 u → + v →

Pela linearidade do produto interno:

2 u → + v → , 2 u → + v → = 4 u �� , u → + 2 u → , v → + 2 u → , v → + v → , v →

Como no enunciado ele fala que os vetores são unitários, u → , u → = 1 e v → , v → = 1 .

2 u → + v → 2 = 5 + 4 u → , v →

Passo 2

Ele quer saber se isso é sempre verdade:

2 u → - v → < 2 u → + v →

O que faria isso aqui ter que ser verdade também:

2 u → - v → 2 < 2 u → + v → 2

5 - 4 u → , v → < 5 + 4 u → , v →

5 - 4 u → , v → < 5 + 4 u → , v →

8 u → , v → > 0

Ou seja, isso só vai ser verdade quando o produto interno entre os vetores for maior que zero. Como ele nunca vai ser menor que zero, vai ser falso apenas quando o produto interno for zero, ou seja, quando forem ortogonais!

Logo a afirmativa é falsa!

Passo 3

Agora ele fala que se forem ortogonais 2 u → - v → = 2 u → + v → , vamos fazer o mesmo que fizemos ali em cima:

2 u → - v → 2 = 2 u → + v → 2

5 - 4 u → , v → = 5 + 4 u → , v →

Como são ortogonais u → , v → = 0

5 = 5

Como isso é sempre verdade, essa alternativa é verdadeira.

Resposta

c

Exercícios de Livros Relacionados

Em relação ao produto interno do Exemplo de 8.3.2 calcule x de modo qu
Seja β = { 1,2 , ( 2,1 ) } . Use o processo de Gram-Schmidt para achar
Seja V = R 2 . Sejam v 1 = ( x 1 , y 1 ) e v 2 = x 2 , y 2 . Se f v 1
Considere em R 3 o produto interno < x , y , z , x ' , y ' , z ' &g