Exercícios Resolvidos de Redes de Difração

Ver Teoria

Enunciado

Uma rede de difração tem 8900 fendas em 1,20   c m . Se uma luz com um comprimento de onda de 500   n m incide na rede, quantas ordens (máximos) existem de cada lado do máximo central?

Passo 1

Os máximos da rede são dados por:

sen ⁡ θ = N l ∙ m ∙ λ

Temos o número de linhas por centímetro da nossa rede, que é:

N l = 8900 1,2 ≅ 7   416,67   l i n h a s / c m

E o comprimento de onda da luz incidente

λ = 500   n m = 500 ∙ 10 - 9   m = 500 ∙ 10 - 7 c m

Passo 2

O maior máximo que ainda vai existir na nossa figura tem que ter um ângulo menor que 90 ° .

No caso de 90 ° , a ordem seria:

sen ⁡ ( 90 ° ) = 7   416,67 ∙ m ∙ 500 ∙ 10 - 7

m ≅ 2,7

O último máximo que aparece é o máximo de ordem 2 . Aparecem então 2 máximos de cada lado do máximo central, mais o máximo central, somando 5 máximos.

Resposta

Existem dois máximos de cada lado do máximo central.

Exercícios de Livros Relacionados

Para uma rede de difração na qual todas as superfícies são normais à r
Uma rede de difração com 2000 fendas por centímetro, duas linhas no es
Uma rede de difração que tem 4800 linhas por centímetro e é iluminada
Uma rede de difração tem 2000 fendas por centímetro e é usada para ana