Exercícios Resolvidos de Otimização – Casos Clássicos

Ver Teoria

Enunciado

Sejam f ( x ) e g ( x ) as funções deriváveis traçadas aqui. O ponto c é onde a distância vertical entre as curvas é máxima. Há algo de especial em relação às tangentes às duas curvas em c ? Justifique sua resposta.

Passo 1

Temos que o ponto c será um ponto de mínimo da distância entre os dois. Essa distância é puramente vertical, então:

s = f x - g ( x )

Sendo s a distância.

Passo 2

c estará presente em um dos pontos críticos. Então vamos derivar:

s ' = f ' x - g ' ( x )

Passo 3

Pontos críticos ocorrem onde a derivada não existe ou é zero. Ela sempre vai existir, pois f e g são deriváveis. Então, resta zero:

0 = f ' x - g x ⟹ f ' c = g ' ( c )

Passo 4

c será o ponto onde as derivadas são iguais. Agora vamos relembrar a equação da reta tangente a cada curva?

y - f c = f ' ( x ) ( x - c )

y - g c = g ' ( x ) ( x - c )

Se as derivadas são iguais, as retas tangentes a f ( x ) e g ( x ) diferem apenas da quantidade f ( c ) e g ( c ) . Portanto, elas tem a mesma inclinação, mas diferem na translação, ou seja, são retas paralelas.

Resposta

Retas tangentes paralelas

Exercícios de Livros Relacionados

Se 1   200   c m 2 de material estiverem disponíveis para fa
Encontre o ponto sobre a reta y = 4 x + 7 que está mais próximo da ori
Um fazendeiro quer cercar uma área de 15   000   m 2 em um c
Encontre, com precisão de duas casas decimais, as coordenadas do ponto