Exercícios Resolvidos de Força e Campo Gravitacional

Ver Teoria

Enunciado

O Princípio da Equivalência afirma que:

  1. A massa do planeta pode ser considerada como concentrada em seu centro.
  2. Que o modelo heliocêntrico de Copérnico equivale ao modelo geocêntrico de Ptolomeu.
  3. Que as órbitas dos planetas correspondem a elipses com o Sol situado num dos seus focos.
  4. Que apesar de conceitualmente diferentes, as massas inercial e gravitacional são iguais.
  5. Que a aceleração g e a constante de gravitação universal G não se equivalem.

Passo 1

Bem, aqui é mais complicadinho. É uma questão de saber o que o o princípio afirma. Mas vamos à ideia:

Não conseguimos distinguir um campo gravitacional e um referencial qualquer acelerado. Em ambos os casos, observamos os mesmos fenômenos físicos.

Por exemplo, um corpo em queda livre num campo gravitacional constante se assemelha a um corpo em queda livre em um referencial com a mesma aceleração.

Outro exemplo, em números, é uma pessoa dentro de uma nave espacial fechada que sofrerá os mesmos fenômenos físicos se estiver na superfície da Terra com 9,8 m / s 2 ou se estiver no espaço sendo acelerado a 9,8 m / s 2 .

Resposta

Letra d)

Exercícios de Livros Relacionados

As massas e coordenadas de três esferas são as seguintes: 20   k g , x = 0,50   m , y = 1,0   m ; 40   k g , x = - 1,0   m , y = - 1,0   m ; 60   k g , x = 0   m , y =   - 0,50   m...
Qual deve ser a distância entre uma partícula de 5,2 kg e uma partícula de 2,4 kg para que a atração gravitacional entre elas tenha um módulo de 2,3 × 10 - 12 N ?
Na Fig. 13-33, três esferas de 5,00 kg estão localizadas a distâncias de d 1 = 0,300 m e d 2 = 0,400 m . Qual é (a) o módulo e (b) a orientação (em relação ao semieixo x positivo) ...
Miniburacos negros. Talvez existam miniburacos negros no universo, produzidos logo após o big bang. Se um desses objetos, com massa de 1 × 10 11 k g (e um raio de apenas 1 × 10 - 1...